Jamyl Asfury diz que quem compra votos é ‘bandido’

jamyl300914O deputado Jamyl Asfury (PEN) parabenizou o deputado Astério Moreira (PEN) e Edvaldo Souza (PSDC) por levarem à tribuna um tema polêmico que é a compra de votos. Ele afirmou que quem pratica a compra de votos são bandidos. “Quero parabenizar o deputado Astério Moreira por vir falar de um tema tão importante. Temos visto muitas listas. Na verdade são verdadeiros bandidos”. Asfury destacou a presença dos deputados em plenário na manhã desta terça-feira, 30. Segundo ele, mesmo em reeleição muitos compareceram à sessão plenária honrando o compromisso com o eleitor.

“Mesmo estando em candidatura de reeleição, nós não abrimos mão de estarmos aqui cumprindo o nosso dever como parlamentar. Nós precisamos cumprir este mandato até o último dia. Não estou fazendo juízo de quem não está aqui”, acrescentou o deputado do PEN.

O deputado relatou uma situação vivida pelo Exército Brasileiro, especialmente os oficiais que prestam serviços na Amazônia. Segundo ele, os oficias classificados como 3º Sargento não estão recebendo as promoções asseguradas em Lei por tempo de serviço, uma vez que os oficiais da Amazônia têm uma contagem de serviço diferenciada dos demais batalhões do país.

“Alguns militares estão sendo tolhidos, pois na hora de uma promoção está havendo dupla interpretação da lei. Na Amazônia temos uma contagem diferenciada de trabalho em relação aos demais Estados”.

Jamyl Asfury disse que a luta em defesa dos militares é solitária e que não tem fins políticos. Ele afirmou que os militares são desobrigados de votar no dia da eleição, isso justificaria seu empenho em defesa apenas dos direitos dessa classe e não da busca de votos desse eleitorado.

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com