loader image

Assembleia Legislativa do Estado do Acre

Deputado Pablo Bregense propõe ação contra empresa responsável por delegacia com forro caído na capital

Durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), realizada na manhã desta terça-feira (06), o deputado Pablo Bregense (PSD) abordou de maneira incisiva a situação da policial civil que denunciou a queda do forro na delegacia onde atua, localizada na Cidade do Povo. O parlamentar destacou a integridade da profissional e pontuou que o governador Gladson Cameli (PP) não compactua com atos de perseguição.

“A policial civil em questão é de Sena Madureira, eu a conheço há muitos anos e sei da sua integridade, então sei que tudo se resolverá da melhor forma possível. Faço questão de afirmar que o governador não compactua com atos de perseguição e enfatizo que, se houvesse interesse em perseguir alguém, o que jamais caberia a ele, não seria através de um ato midiático”, afirmou.

Bregense destacou que a referida delegacia foi inaugurada no dia 30 de dezembro de 2018, na gestão do ex-governador Tião Viana (PT). Esclareceu também que a responsabilidade pela eventual maquiagem de fachada não recai sobre o atual governador, mas sim sobre a empresa que realizou a obra à época da construção.

O parlamentar apresentou um requerimento que será encaminhado à Secretaria de Obras, buscando a identificação da empresa responsável pela construção da delegacia. O objetivo é responsabilizar a companhia pela situação do forro caído, propondo uma ação criminal contra ela.

Texto: Andressa Oliveira

Foto: Sérgio Vale