loader image

Assembleia Legislativa do Estado do Acre

Michelle Melo pede fortalecimento da Polícia Civil para coibir crimes contra a mulher

A líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputada Dra. Michelle Melo (PDT), discursou durante sessão desta quarta-feira (22) sobre os índices de violência contra a mulher e como o aumento no contingente da Polícia Civil pode contribuir para coibir o crime.

A parlamentar citou o caso envolvendo uma mototaxista que foi ameaçada com uma faca pelo cliente que ela transportava, e em seguida levada a um motel e estuprada por ele. O fato ocorreu há dois dias na capital.

“Mulheres continuam sendo violentadas diariamente. Isso vem de encontro ao que vemos, muitos dos concursados falando que não há como ter segurança pública se não tivermos policiamento adequado. Precisamos que os policiais aprovados na Civil sejam convocados”, disse.

A parlamentar ressaltou que o governador Gladson Cameli (PP) já realizou muitos investimentos na Segurança Pública, mas que agora a convocação de novos policiais civis é essencial.

“Enquanto não houver um contingente suficiente de policiais nas ruas, mulheres continuarão sendo estupradas. A quem uma mulher como essa recorre? Temos que trazer tecnologia e corpo técnico, pessoas que possam planejar para que isso não aconteça. A marca de uma violência fica para a vida inteira. Eu quero polícia nas ruas evitando que os crimes ocorram, inteligência policial para que o ato não ocorra. Não vamos banalizar o assunto violência”, pediu.

Texto: Andressa Oliveira

Fotos: Sérgio Vale