Aleac realiza audiência pública para discutir construção de ponte entre cidades do interior

Aleac realiza audiência pública para discutir construção de ponte entre cidades do interior

 

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) realizou na manhã desta sexta-feira (5) uma audiência pública para discutir a construção da ponte de Rodrigues Alves. O encontro que foi proposto pelo deputado Pedro Longo (PV) contou com a participação de vereadores do município, deputados estaduais e federais, do senador Márcio Bittar, do governador, em exercício, Major Rocha, de representantes do Dnit, representantes do Deracre e do movimento social pró-ponte.

Atualmente, os moradores de Rodrigues Alves conseguem chegar em Cruzeiro do Sul através da balsa ou pela rodovia AC- 405. Pela rodovia são 44 quilômetros de distância entre uma cidade e outra. Com a ponte, os moradores terão acesso direto ao Centro de Cruzeiro do Sul.

O presidente, em exercício, do parlamento acreano, deputado Jenilson Leite (PSB) fez a abertura do encontro ressaltando a importância da obra para a região. “Sejam bem-vindos à casa do povo. Não poderia deixar de falar da importância desse debate. Estamos falando de uma obra que é um sonho antigo e tão necessário para a população daquela região. Nós ajudaremos no que for necessário, contem com a gente”, disse.

Para o deputado Pedro Longo, a realização da audiência pública para discutir a construção da ponte já é uma vitória. O parlamentar frisou, ainda, que o objetivo do encontro não é apontar culpados e sim, encontrar soluções.

“Nós já somos vitoriosos só por estarmos reunidos aqui, hoje, na presença de moradores daquela região e de tantas autoridades. Isso tudo é fruto do movimento comunitário que vocês moradores iniciaram. Vocês estão sendo guerreiros nessa luta. Estamos juntos, tenho certeza que essa obra se tornará realidade”, disse.

Elaboração do projeto para a ponte já está prevista

Pedro Longo falou, ainda, do ofício que recebeu do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informando que a elaboração do projeto para a ponte já está prevista e consta no edital de contratação da empresa que fará os projetos das obras de implantação, pavimentação e adequação de capacidade e segurança – com eliminação de pontos críticos – do trecho planejado na rodovia.

“Ainda segundo o documento, o processo de licitação para contratar a empresa responsável por esses projetos na BR-364 segue em andamento; já definiu a empresa vencedora e, neste momento, está em fase de homologação para posterior contratação e, em seguida, expedição de ordem de serviço para início do trabalho de elaboração de projeto”, frisou o deputado.

Em sua fala, o senador Márcio Bittar (sem partido) parabenizou o deputado Pedro Longo por propor o encontro. Disse, ainda, que a ponte é necessária para o desenvolvimento daquela região.

“Como aquela região vai produzir para cá? Como vai vender? Chegando aqui, já perdeu escala por conta do tempo que leva. A ponte faz parte disso, ela não é uma obra que vai acabar em Cruzeiro, a BR 364 sempre foi pensada para chegar no Pacífico. Ela precisa atravessar o Juruá por Rodrigues Alves, e chegar até o país vizinho”, disse.

O senador falou, ainda, que há R$ 10 milhões no Orçamento da União para o projeto de execução da obra. Ele explicou que, entretanto, a ponte consta em um pacote que reúne outras obras pelo País, o que faz com que haja um atraso burocrático.

“O pré-projeto foi feito. Agora, é a fase do projeto executivo. O governo federal está fazendo a licitação não apenas desse projeto executivo, mas de um pacote de obras. A preocupação do Dnit foi fazer pelo processo antigo. O projeto executivo, o recurso está no orçamento”, disse Bittar.

Bittar sugeriu, ainda, que cada um dos 11 parlamentares destine pelo menos R$ 5 milhões para a construção da ponte.

O governador, em exercício, Major Rocha (PSDB), lamentou que a construção da ponte tenha sido postergada. Lembrou, ainda, que a mesma foi uma promessa de campanha do governo Gladson Cameli.

“Lembro que estávamos na campanha e garantimos à população de Rodrigues Alves que eles teriam esse sonho materializado. Fico triste de chegar no terceiro ano de governo e saber que esse sonho foi postergado. Que essa ponte que não foi priorizada nos governos anteriores, também foi esquecida pelo atual governo. Priorizaram obras importantes no Juruá, como a duplicação do acesso ao aeroporto de Cruzeiro do Sul, que é importante, mas será que é mais importante que a ponte que liga Rodrigues Alves? Acho que algumas questões precisam ser revistas”, frisou o governador.

O deputado federal, Alan Rick, também destacou a importância do encontro. “Estamos falando de um projeto que já está em andamento e que, inclusive, já existe uma empresa vencedora da licitação. Nós estamos empenhados nessa luta, irmanados nesse propósito. Essa ponte é um direito de ir e vir dos moradores de Rodrigues Alves”, complementou.

A deputada federal Perpétua Almeida (PC do B) também reafirmou seu compromisso com a população de Rodrigues Alves. “Me somo à luta justa da população. Eu esperava que o governador me chamasse, junto com os demais membros da bancada, e fossemos ao presidente Bolsonaro pedir recursos para a ponte de Rodrigues Alves, mas isso não aconteceu. Quem podia resolver não resolveu, vamos nos juntar e resolver. Então, tenham de mim esse compromisso, eu estarei junto com a bancada no que ela decidir”, afirmou.

O prefeito de Rodrigues Alves, em exercício, Nilson Magalhães, agradeceu aos deputados estaduais a acolhida e oportunidade de debater o tema no Poder Legislativo.

“Estou muito feliz de estar aqui, hoje, falando desse tema tão importante, de um sonho antigo dos moradores daquela região. Fico mais feliz ainda de saber que as questões partidárias estão sendo deixadas de lado, porque a nossa união conta muito nessa luta. O momento é de muita gratidão por saber que este projeto está em andamento e que já tem uma empresa responsável pela obra”, salientou.

Representando, na ocasião, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Tiago Caetano disse que já conversou com a empresa responsável pela obra e pediu à mesma que a ponte seja prioridade na lista de projetos.

“Essa ponte faz parte de um conjunto muito maior que é a ligação da região com Pucallpa, então o governo precisa estar com a gente nesse momento. Antes de vir para cá, conversei com a empresa ganhadora da licitação e pedi prioridade na obra da ponte por se tratar de um projeto mais amplo. Também conversei com o diretor de projeto do Dnit, ele tem ajudado muito nas questões burocráticas e ele disse que é possível sim, priorizá-la, e se houver recursos, iniciar a construção da ponte ano que vem”, disse.

O presidente do Deracre, Petrônio Antunes, disse que apesar da construção da ponte se tratar de uma obra federal, o governo do Estado está empenhado para que a mesma saia do papel.

“Lá é um traçado da rodovia federal e esse processo já está em andamento através do Dnit. Já foi licitado o estudo e projeto daquela ampliação. O governador prometeu, na verdade, tentar com influência política, junto ao governo federal, fazer com que chegasse esse recurso e essa obra aqui no Acre. Estamos fazendo isso, inclusive, tem toda bancada federal tentando viabilizar esse recurso”, informou.

Para o presidente do movimento social pró-ponte, Ralph Fernandes, a audiência é uma conquista para os moradores da região e um passo importante para a construção da ponte.

 “O que nós precisamos agora, já que estamos aqui na presença do Dnit e de representantes do governo do Estado, é definir os recursos para essa obra que, inclusive, já tem processo licitatório em andamento e empresa escolhida. Nós não queremos que essa obra seja apenas mais uma daquelas que começam e não terminam, por isso, é necessário que a bancada federal aloque o maior número de recursos possíveis. O Dnit precisa começar a obra e concluir”, enfatizou.

O que os deputados disseram:

Maria Antônia (PROS)

“Estou muito feliz de participar dessa audiência pública tão importante. O momento pede união, nós precisamos nos unir para conseguir os recursos necessários para garantir a construção dessa ponte. Eu sei que depois desse encontro nós colheremos os frutos dessa luta, estamos empenhados, Rodrigues Alves precisa dessa ponte”.

Marcus Cavalcante (PTB)

“O primeiro passo já foi dado, o projeto para a construção da ponte já está em andamento. Existe também a boa vontade da bancada federal e isso me deixa muito feliz. Sabemos o quanto essa ponte é importante para a população daquela região, ela facilitará demais a vida dos moradores de Rodrigues Alves. Nós estamos aqui, contem com o nosso apoio, todos os deputados estaduais são defensores dessa obra. Tenho certeza de que o governador, que é filho do Juruá, não negará ajuda”.

Edvaldo Magalhães

“Esse sonho não pode ser fixado em apenas uma estratégia. Ou seja, depender apenas de recursos de emendas parlamentares, mas também ser incluído no empréstimo que será adquirido junto ao Fonplata de U$$ 41 milhões. Não podemos pendurar a ponte de Rodrigues Alves apenas na estratégia A. É preciso também colocar a ponte no empréstimo que o governo está fazendo. Essas três pontes, da Sibéria, de Sena Madureira e a de Rodrigues Alves são importantíssimas. O empréstimo pode contemplar sim, todas elas. São prioridades. O pacto não pode ser que pendure, em uma única estratégia, o sonho de vocês”.

Roberto Duarte (MDB)

“Eu vejo a necessidade da realização de uma audiência pública lá, em Rodrigues Alves, com a participação de toda a população. Nós precisamos sim, de um segundo encontro também para tratar do desenrolar deste encontro de hoje. Nós já tivemos hoje, aqui, muitas sugestões, o senador Márcio Bittar, por exemplo, sugeriu em sua fala que cada um dos 11 parlamentares destine pelo menos R$ 5 milhões para a construção da ponte. O senador fez essa sugestão e se colocou à disposição. Então, há agora o compromisso de cada um desses parlamentares e nós vamos buscar isso. Estamos falando de uma obra importante que precisa sair do papel, contem com a gente neste parlamento. Estamos juntos nessa luta”.

Texto: Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Revisão: Suzame Freitas

 

 

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com