“Os trabalhadores terceirizados parecem invisíveis”, diz Calegário

 “Os trabalhadores terceirizados parecem invisíveis”, diz Calegário

O deputado Fagner Calegário (Podemos) voltou a falar na sessão remota desta quarta-feira (30), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), do não pagamento por parte do governo do Estado às empresas terceirizadas e, consequentemente, aos trabalhadores.

O parlamentar frisou que há meses fala do assunto nas sessões ordinárias e que o problema ainda não foi resolvido. “Até quando vamos precisar falar desse assunto? Eu estou há meses falando a mesma coisa e nada é resolvido. Estamos falando de merendeiras, porteiros, trabalhadores da limpeza que estão há meses sem receber. Os trabalhadores terceirizados parecem invisíveis”, disse o deputado.

Calegário salientou ainda, que apesar dos problemas algumas conquistas neste setor foram alcançadas. “Tivemos algumas conquistas ao longo do nosso mandato e elas precisam ser destacadas. Conseguimos, por exemplo, o retorno do auxílio alimentação desses trabalhadores, um direito que é deles. A conta vinculada que o governo tanto fala a gente vinha reivindicando desde 2016, conta essa que pode resguardar esses trabalhadores e preveni-los de possíveis calotes por parte das empresas”, complementou.

Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Revisão: Suzame Freitas

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com