Deputado Edvaldo Magalhães repudia privatização da Eletrobrás

Deputado Edvaldo Magalhães repudia privatização da Eletrobrás

A aprovação obtida ontem na Câmara dos Deputados à Medida Provisória n° 1.031/21, que permite a privatização da Eletrobrás, foi tema do discurso do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB). O parlamentar registrou sua indignação com a medida e alertou que isso vai elevar ainda mais o valor da tarifa de energia no país.

“O que foi cometido ontem no Senado Federal e Câmara de Deputados foi uma verdadeira afronta ao povo brasileiro. Eles bateram o preço e fecharam o caixão para a aprovação da venda da Eletrobrás, fazendo com que o país fique mais pobre, pois perde um grande patrimônio e pobres se tornem miseráveis, pois não conseguirão pagar o preço da energia”, protestou.

Edvaldo criticou os senadores acreanos que votaram a favor da venda. Também parte dos deputados federais que representam o Estado e que tiveram a mesma atitude. “No Acre, a bancada de senadores no seu silêncio votou por unanimidade para essa venda. Também parte considerável de deputados federais acompanhou esse voto criminoso contra o povo brasileiro. A energia agora será duplamente taxada, por conta da crise hídrica e agora essa privatização”.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac
Revisão: Suzame Freitas

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com