Nicolau Júnior manda publicar requerimentos de abertura das duas CPIs que vão investigar uso de recursos da educação

Nicolau Júnior manda publicar requerimentos de abertura das duas CPIs que vão investigar uso de recursos da educação

 

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior, autorizou a publicação dos dois requerimentos de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) propostas pela oposição e pela bancada de apoio ao governo no parlamento estadual.

Os dois requerimentos são praticamente iguais e têm como objetivo a instalação de uma CPI, a qual deverá investigar pelo prazo de 90 dias, indícios de malversação e de realização insuficientes de despesas dos recursos destinados à educação acreana. São recursos do Fundeb (Fundo Nacional de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) e FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

O que difere os dois requerimentos é o tempo de abrangência de investigação da CPI. Enquanto o pedido do bloco de oposição, que tem como autor do requerimento o deputado Daniel Zen (PT), se propõe a investigar os anos de 2019 e 2020, o da oposição, assinada pelo líder do governo na Aleac, Pedro Longo (PV), amplia as investigações entre os anos de 2016 e 2020.

Os dois requerimentos devem ser publicados na edição desta quarta-feira, 5, do Diário da Assembleia Legislativa.
ASCOM – ALEAC

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com