Edvaldo Magalhães pede que governo do Estado ampare ribeirinhos da região do Rio Môa

Edvaldo Magalhães pede que governo do Estado ampare ribeirinhos da região do Rio Môa

Em pronunciamento na sessão virtual desta terça-feira (30), o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) destacou a agenda que cumpriu no último final de semana nas comunidades ao longo do Rio Môa e seus afluentes.

O parlamentar discorreu sobre a necessidade de uma ação imediata da Defesa Civil Estadual e da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa) para socorrer os pequenos agricultores e extrativistas, que perderam tudo com as cheias dos rios.

 O oposicionista falou ainda da situação precária dos moradores das comunidades São Pedro, Aquidabã, Zumira e Novo Recreio (Terra indígena Nawa). Frisou que há famílias que perderam tudo, desde a residência até as suas plantações.

“As cheias dos igarapés fizeram um estrago nestas comunidades. Peço que a Defesa Civil e a Secretaria de Produção façam uma visita nestes lugares. Estou falando de famílias que perderam o pouco que tinham e que precisam da ajuda do governo do Estado em parceria com as prefeituras para reconstruírem suas moradias. A situação é muito difícil. Elas precisam de apoio”, disse.

A agenda fez parte de uma ação do gabinete solidário formado pelo gabinete dele e da deputada federal Perpétua Almeida, onde foram distribuídos sacolões às famílias. “Distribuímos sacolões além de dialogar com mais de 100 famílias nestas quatro comunidades rurais”, acrescentou.

Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com