Pedro Longo propõe trégua política e ajuda mútua nesse primeiro semestre

Pedro Longo propõe trégua política e ajuda mútua nesse primeiro semestre

A proposta de uma trégua política e a ida de representantes do Estado a São Paulo, onde se deve tentar um acordo com o governador João Dória (PSDB) e o Instituto Butantã para vacinação dos acreanos, foi o tema do discurso do deputado Pedro Longo (PV), durante sessão ordinária realizada na manhã desta terça-feira (09).

O parlamentar disse estar preocupado com a situação que ele classifica como crítica, pela qual o Acre atravessa, com a pandemia de coronavírus, surto de dengue e alagação. Também lamentou que o Estado esteja em último lugar na fila nacional de vacinação.

“Estamos vivendo muitas pragas ao mesmo tempo, alagação, surto de dengue e Covid-19, e ainda acrescento a incompetência de alguns gestores de fazerem a sua parte. Proponho um grande pacto, uma trégua política e união. Vamos auxiliar cada um na sua capacidade de trabalho, fazendo um grande mutirão pela vida. O Governo Federal está desprezando o Acre, deixando a bancada federal e o governador plantados esperando uma audiência com o Ministro da Saúde. Não se faz isso numa federação”, criticou.

Pedro Longo também propôs que Gladson Cameli  com outras autoridades marquem uma audiência com o governador João Dória e representantes do Instituto Butantã, para tentar conseguir doses de vacinas que sejam necessárias para imunizar toda a população acreana.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com