Jairo Carvalho diz ser contrário a intervenção em Manuel Urbano

jairo010415Em discurso na sessão desta quarta-feira, 1º, o deputado Jairo Carvalho (PSD) disse que é temerário o pedido de intervenção em Manuel Urbano feito pelos vereadores ao Executivo estadual. Segundo ele, a atitude é antidemocrática, pois o atual prefeito foi eleito pelo voto popular. “Isso é um ato antidemocrático. Um pedido de ajuda que se transformou em pedido de intervenção. Foi um requerimento aprovado por debaixo dos panos”, salientou o deputado.
Falando em intervenção do Estado, o deputado frisou que é contrário ao pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), isso por que ela foi eleita pelo voto popular. “Ela foi eleita pelo voto, sou contra o impeachment . Senão vira brincadeira. Que possamos ter bastante critério com relação a esse assunto”, concluiu.

Jairo Carvalho falou ainda sobre a apresentação do anteprojeto da vereadora Lene Petecão, que pede a realização de equoterapia pela rede pública de saúde para os portadores da síndrome do autismo. O parlamentar também manifestou total apoio ao projeto de lei apresentado pelo deputado Daniel Zen (PT), que institui a política estadual de proteção dos direitos da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

“Quero dar meu total apoio a Vossa Excelência nesse projeto. Acredito que todos os deputados vão apoiar essa proposição. Eu estarei cobrando para que seja cumprido o que está sendo apresentando aqui”, citou o deputado.

O parlamentar comentou, ainda, a prisão do caminhoneiro brasileiro na Bolívia. Ele sugeriu que a Comissão de Direitos Humanos (CDH) se desloque até a Cobija para buscar junto às autoridades bolivianas os esclarecimentos sobre o caso e dar total apoio aos familiares.

“Proponho que a Comissão de Direitos Humanos possa fazer uma visita a esse brasileiro preso na Bolívia. Que a Comissão se reúna e de imediato faça uma visita”, disse o deputado do PSD.

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com