Antonia Sales comemora chegada de carreta do Hospital de Amor no Juruá

Antonia Sales comemora chegada de carreta do Hospital de Amor no Juruá

Em pronunciamento na sessão desta terça-feira (11), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a deputada Antonia Sales (MDB) destacou a chegada da carreta do Hospital de Amor no Vale do Juruá. A carreta com equipamentos de última geração faz parte de um projeto itinerante que vai realizar exames preventivos para diagnosticar o câncer do colo do útero e o câncer de mama, atendendo gratuitamente as mulheres da região.

A parlamentar foi autora da indicação para que o governo do Acre assinasse convênio com o hospital para atendimentos na Capital e municípios. A emedebista frisou que conseguiu envolver os demais parlamentares do Poder Legislativo no apoio ao convênio do Hospital de Amor que também garantiu a parceria da deputada Jéssica Sales (MDB), que destinou R$ 400 mil para as ações da unidade no Acre.

Ainda segundo a deputada, o convênio realizado com o governo do Estado e que poderá ser estendido às prefeituras vai garantir 8.300 atendimentos de mamografias, exames de colo de útero e PCCU por mês.

“Essa é uma vitória para todas as mulheres que precisam de um atendimento desses, com a mesma qualidade de Barretos, de São Paulo. Neste sentido, estou muito realizada e feliz pelas mulheres do Vale do Juruá, ontem foi de fato um dia de muita alegria. Estou muito feliz com essa itinerante da carreta do Hospital de Amor e espero que as mulheres possam cada dia mais ter seus direitos atendidos, principalmente, na área da saúde”, frisou Antonia Sales.

Os atendimentos serão realizados até o dia 16 em Mâncio Lima e depois a carreta seguirá para o município de Rodrigues Alves onde atenderá entre os dias 17 e 21. A carreta terminará seu primeiro itinerante naquela região com atendimentos em Cruzeiro do Sul, do dia 24 de maio até o dia 18 de junho.

Na explicação pessoal, a emedebista disse que é preocupante a informação de que os municípios não poderão contar com as 110 máquinas pesadas adquiridas pelo governo do Acre, por meio de um convênio com a Sudam.

“Já era para estar entrando os tratores. Recebemos a notícias que essas máquinas, que são 110 máquinas que foram adquiridas por R$ 40 milhões, foram tomadas por falta de pagamento. Isso está tirando o sono dos nossos agricultores. Eles estão desesperados. Até agora não se sabe o que nosso governo vai fazer para resolver essa situação”, concluiu.

Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com