Moisés Diniz questiona preço do álcool produzido no Acre

moises280514O 2º vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Moisés Diniz (PCdoB), apresentou requerimento na sessão desta quarta-feira, 28, pedindo esclarecimento sobre a produção da Usina Álcool Verde que, segundo ele, estaria sendo destinada a Rondônia. De acordo com o parlamentar, a base da Petrobrás não está permitindo que o álcool seja recebido direto nos postos de combustível do Acre, estabelecendo dessa forma o preço final para o consumidor acreano.

“O Acre fez um esforço gigantesco para financiar a reconstrução da usina Álcool Verde que estava entregue às baratas e agora descubro que o produto está sendo enviado para Rondônia e só depois retorna ao Acre. E tem mais, o preço final do produto é estabelecido após rodar mil quilômetros para retornar ao nosso Estado”, disse.

Para Moisés o valor do produto deveria ser bem mais em conta levando em consideração que o álcool é produzido no Acre. “Hoje nosso álcool é consumido de R$ 2.85 a R$ 2.90 sendo que em São Paulo o produto é vendido de R$ 1.60 a R$ 1.70, ou seja, por R$ 1 real a menos. Isso é um absurdo, não pode acontecer, se o álcool produzido aqui no Estado fosse vendido por um valor mais acessível os consumidores acreanos não usariam gasolina”, afirmou.

O deputado pediu que o requerimento fosse encaminhado com urgência ao diretor-presidente da BR Distribuidora. Moisés pediu ainda que a empresa envie técnicos à Assembleia Legislativa para explicar os procedimentos comerciais e logísticos da companhia e da comercialização do álcool que é comprado da usina Álcool Verde.

“Queremos explicações sobre a comercialização do álcool que é produzido aqui e enviado à base da BR Distribuidora em Porto Velho, encarecendo assim o produto devido o transporte de mais de mil quilômetros. Não tem cabimento a usina entregar o álcool à distribuidora de Porto Velho no valor de R$ 1.50 e os postos revenderem o mesmo produto no valor de R$ 2.50”, enfatizou.

Para concluir, o deputado informou que encaminhará a discussão para a bancada federal do Estado do Acre com o objetivo de fortalecer o debate e encontrar alternativas plausíveis que regularizem a situação.

Mircléia Magalhães

Agência Aleac

Sobre aleac

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com