<strong>Daniel Zen repudia declarações de Bocalom e militante de extrema direita</strong>

Daniel Zen repudia declarações de Bocalom e militante de extrema direita

 

O líder do Partido dos Trabalhadores na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Daniel Zen, discursou durante sessão desta terça-feira (22) sobre declarações feitas pelo prefeito Tião Bocalom a um site local. Ele também pede que o militante Ruy Birico seja preso por proferir ameaças a comunistas no Estado.

“Venho reportar situações ocorridas semana passada, a primeira com declarações desastrosas do Tião Bocalom a um site, onde ele fez apologia a ditadura e a defesa de intervenção militar. Isso vindo de um cidadão comum já é grave, vindo então de um prefeito da capital é ainda mais grave. Lembro a ele que o direito de manifestação e livre pensamento não contempla a liberdade para cometer crimes. As palavras dele, além de criminosas, demonstram o desrespeito dele com o processo democrático que, inclusive, o elegeu”, repudiou.

O parlamentar também citou o fato envolvendo o militante político de direita Ruy Birico, onde este ameaça “furar o bucho” de comunistas e estimula outras pessoas a fazerem o mesmo.

“Até ontem esse cidadão ocupava um cargo comissionado que era utilizado apenas para intentar contra seus opositores. O que ele fez constitui crime de ameaça, previsto no artigo 147 do Código Penal. Parabenizo o líder do governo e demais colegas que se manifestaram contrários às ameaças proferidas pelo dito cujo”, disse.

Na manhã de hoje o governador publicou no Diário Oficial do Estado a exoneração de Ruy Birico, fato comemorado por  Zen. “Esse tipo de conduta não pode prosperar. Agora, espero que o Ministério Público prossiga, fazendo com que ele pague por suas ameaças”.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac

Revisão: Suzame Freitas

Fotos: Sérgio Vale

 

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com