Aleac realiza Sessão Solene em Homenagem ao Corretor de Imóveis

Aleac realiza Sessão Solene em Homenagem ao Corretor de Imóveis

 

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) homenageou nesta quinta-feira (25), em sessão solene, os corretores de imóveis em alusão ao Dia Nacional do Corretor de Imóveis celebrado no próximo sábado dia (27). A solenidade atendeu ao requerimento nº 35/2022, de autoria do deputado Marcus Cavalcante (PDT).

Além do parlamentar, compuseram a mesa de honra, Márcio Silva dos Santos, presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 26ª Região-Acre; Emir Mendonça, 1º vice-presidente; Francisco Higino da Rocha Maia, Conselheiro Federal Efetivo; Jauricia dos Anjos, Diretora Secretária; Manoel Claudenir de Araújo, Conselheiro Federal Efetivo e Pedro Ferreira, diretor tesoureiro Regional dos Corretores de Imóveis da 26ª Região-Acre

Em sua fala, o deputado Marcus Cavalcante ressaltou a importância do setor imobiliário nos últimos anos para a economia, bem como nas transações imobiliárias, para dar segurança ao cliente no momento de compra e venda do seu patrimônio.

“Este ano a profissão completa 60 anos de regulamentação se fortalecendo e tornando seu papel fundamental na realização da negociação de imóveis. É uma profissão linda e que realiza sonhos. Parabéns à categoria por esse dia, só no Acre são 573 cidadãos que vivem desse trabalho, com suas alegrias e tristezas como qualquer outra profissão. No Brasil, temos mais de 600 mil corretores de imóveis”, frisou.

O pedetista se colocou, ainda, à disposição da categoria. “Tem um dado que me preocupa que é saber que no Acre, mais de 70% das propriedades urbanas não estão legalizadas e isso é um problema nosso, como pessoa pública e cidadão. Enfim, precisamos melhorar muito esses números e contem comigo para isso. Enquanto eu estiver nesta casa legislativa eu vou defender essa causa”, complementou.

Márcio Silva dos Santos, presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 26ª Região Acre, agradeceu a homenagem. Ele falou ainda, sobre as conquistas obtidas pela categoria.

“Essa é uma profissão que tem sofrido muitas batalhas, mas graças a Deus e a união da nossa classe temos conquistado importantes vitórias, garantindo assim, um patamar ainda maior em prol da nossa categoria. A Lei que regulamentou a nossa profissão sofreu alguns percalços chegando a ser revogada por dois motivos: Por não dizer como esse profissional ingressaria no mercado e por não ter um conselho para representar e fiscalizar a nossa categoria. Depois veio o decreto que regulamentou a nossa lei atual que ainda está passível de modificação. E é essa lei que rege a nossa atividade”, enfatizou.

Manoel Claudenir de Araújo, Conselheiro Federal Efetivo do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 26ª Região Acre, disse que a classe se sente lisonjeada com a homenagem proposta pelo deputado.

Claudenir falou, ainda, sobre o imposto de transmissão causa mortis e doação, um tributo de competência impositiva dos estados e do Distrito Federal que tem sua previsão constitucional no art. 155, inc. I, da Constituição Federal de 1988.

“Gostaria de pedir que o senhor deputado desse uma olhada nesse imposto, pois ele atrapalha a negociação porque não documenta, o imóvel fica preso, parado. Peço que o senhor dê uma olhada nisso para a gente, nos ajudaria demais. Facilitaria muito o nosso trabalho”, disse.

Já a Diretora Secretária do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 26ª Região Acre, Jauricia dos Anjos, falou sobre a nova sede do CRECI que está prestes a ser inaugurada. Uma obra que, segundo ela, vem para engrandecer a Classe de Corretores de Imóveis/Imobiliárias, e a obtenção do prestígio e respeito da sociedade por esse profissional.

“Viemos lá na década de 50 e, desde então, são muitas lutas e conquistas. Continuamos lutando diariamente para fortalecer cada vez mais a nossa categoria. Sabemos que o corretor de imóveis é uma profissão que faz a diferença na vida do cidadão brasileiro. Sempre digo, uma vez corretor, sempre corretor. Sem falar que hoje temos muito o que comemorar, logo inauguraremos a nossa sede, graças ao empenho do nosso presidente Márcio. Isso nos deixa imensamente felizes”, disse.

Ainda durante a solenidade, alguns corretores de imóveis foram homenageados no centro do plenário com uma placa em reconhecimento à profissão e os serviços prestados ao Acre.

Profissão:

A corretagem de imóveis foi uma das principais atividades que conseguiu status de profissão liberal, regulamentada através de lei federal. Hoje, dada a complexidade da burocracia e da jurisdição na aquisição, locação e administração de imóveis, esse profissional se torna cada vez mais fundamental para o desenvolvimento deste segmento.

Texto: Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Foto: Sérgio Vale

Revisão: Suzame Freitas

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com