Sindicatos pedem apoio de deputados estaduais para derrotar PEC 32

Sindicatos pedem apoio de deputados estaduais para derrotar PEC 32

 

Após a sessão ordinária desta quarta-feira (8) os deputados estaduais receberam no centro do plenário da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) representantes do movimento sindical do Estado para tratar do Projeto de Emenda Constitucional (PC 32) que segundo eles, afetará drasticamente não só o serviço público, mas, a população acreana. A reunião foi conduzida pelo vice-presidente do parlamento acreano, deputado Jenilson Leite (PSB).

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/20 do Poder Executivo, altera dispositivos sobre servidores e empregados públicos e modifica a organização da administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios.

Na ocasião, Moisés Silveira, presidente do Fórum Sindical, entregou um ofício das centrais sindicais para os deputados estaduais solicitando que enviem uma Moção de Apelo aos deputados federais para que votem contra a PEC 32 no Congresso Nacional.

“Essa proposta se aprovada, trará inúmeros prejuízos não só aos servidores públicos, mas, para toda população com a gratuidade dos serviços como também redução salarial. Sabemos que no Acre, 90% das pessoas dependem dos serviços públicos. Então nós precisamos da ajuda de vocês, que esta casa apresente uma moção contra essa proposta e que vocês possam falar com os nossos deputados federais sobre o assunto”, disse.

O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) destacou a importância do debate. O parlamentar se propôs ainda a redigir a Moção de Apoio à luta contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/20.

“Hoje, a avaliação que se faz na Câmara Federal é que o governo não tem, no momento, votos suficientes para aprovar essa proposta. Mas, sabemos que o orçamento secreto faz milagres e que esses votos podem aparecer. Dito isso, me disponho, se assim os demais deputados concordarem, a redigir essa Moção de Apoio à luta de vocês. É importante que tenhamos um posicionamento deste poder sobre esse assunto”, frisou.

Ao final do encontro, o deputado Jenilson Leite disse que a Aleac fará o possível para ajudar os movimentos sindicais na luta contra a PEC 32. “Acredito que nenhum deputado se colocará contrário a essa moção de luta contra essa proposta que agride de forma mortal o serviço público. Nós também entraremos em contato com a bancada federal em Brasília para tratar do assunto”, enfatizou.

Texto: Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com