Sobre cadastro de reserva da Polícia Civil Roberto Duarte diz: “Queremos ver o nome desses jovens no diário oficial”

Sobre cadastro de reserva da Polícia Civil Roberto Duarte diz: “Queremos ver o nome desses jovens no diário oficial”

 

O deputado estadual, Roberto Duarte (MDB), questionou mais uma vez na sessão desta quarta-feira (8), a situação dos aprovados do cadastro de reserva da Polícia Civil que estão aguardando pelo chamamento do governo do Acre.

O parlamentar voltou a lembrar que a convocação foi uma promessa do governador Gladson Cameli nas eleições de 2018. Promessa essa que segundo ele, foi documentada e assinada pelo gestor.

“Nas eleições de 2018 fui procurado por uma comissão do cadastro de reserva da PM e da Polícia Civil. Na época, dialoguei com eles por vários dias. Na época o governador tinha dado a palavra de que os convocaria, então nós, juntamente com alguns membros da comissão do cadastro, elaboramos um documento que foi devidamente assinado pelo governador. Acordo esse que nunca foi cumprido”, disse o emedebista.

O emedebista falou ainda sobre o jovem Jorge Souza Pequeno, de 24 anos, natural de Cruzeiro do Sul, que está acorrentado em frente ao Palácio Rio Branco, desde quarta-feira (8).

“Este jovem está há 7 dias acorrentado e sem contato com nenhum representante do governo. Pelo amor de Deus, Jorge é da terra do governador, o que ele quer é diálogo. Queremos ver o nome desses jovens no diário oficial, sendo convocados para a academia de polícia. Vamos seguir nessa luta, eu não vou abrir um milímetro porque isso não é do meu feitio. Estou desde o início lutando por vocês e vou continuar”, enfatizou Duarte.

Texto: Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com