Aleac assina convênio entre TCE e governo do Estado para contratação de estudo socioeconômico do Acre

Aleac assina convênio entre TCE e governo do Estado para contratação de estudo socioeconômico do Acre

 

Antes da sessão ordinária desta quarta-feira (8), o presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), assinou juntamente com os demais parlamentares, um convênio entre o TCE/AC, o Governo do Estado e o Poder Legislativo para a contratação de uma consultoria que vai resultar em um diagnóstico de desenvolvimento econômico para o Estado Acre.

O Projeto será desenvolvido em (06) seis eixos temáticos: 1) A história recente do Acre (quem somos; para onde vamos); 2) Desenvolvimento regional/global (explorar papel da comunidade Andina); 3) Mecanismos institucionais de desenvolvimento – o que restou? 4) O papel das novas tecnologias no desenvolvimento (Biotecnologia + novas fontes de energia, foco local; 5) Financiamento verde e 6) Diagnóstico produtivo das regiões. Este estudo será desenvolvido pelo Centro de Desenvolvimento e Planejamento da UFMG, CEDEPLAR e deverá ser concluído ainda em 2022.

O Presidente do TCE/AC, Conselheiro Ronald Polanco, destacou a importância do convênio para o Acre. Disse ainda que o projeto nasceu no parlamento acreano.

“Esse convênio que está sendo firmado entre o TCE, a Assembleia e o Governo, representa um compromisso dessas instituições com o desenvolvimento do Estado e o resultado será extraordinário. Não poderia deixar de parabenizar o presidente Nicolau Júnior porque ele aceitou de cara esse desafio. Esse projeto nasceu nesta casa e eu não poderia deixar de parabenizar os deputados estaduais por isso”, disse Polanco.

O presidente da Aleac disse que o diagnóstico será um verdadeiro presente para o Acre, nos seus 60 anos de Estado. “Agradeço ao governador Gladson Cameli, ao presidente do Tribunal de Contas pela concretização desse importante convênio. Tenho tratado isso com muita responsabilidade porque eu sei da importância desse estudo para o Estado. Estamos falando de um projeto incrível que está sendo encabeçado pelos 24 deputados estaduais. Um projeto que vai melhorar muito a situação do nosso meio ambiente e trazer mais recursos para essa área”, enfatizou Nicolau Júnior.

O que os deputados disseram:

Daniel Zen (PT)

“Quero parabenizar todos pela iniciativa. Um estudo como esse certamente fornecerá subsídios ao Estado do Acre na hora de definir suas prioridades, de definir a alocação de recursos para seus programas que constam no PPA na LDO e nas Leis Orçamentárias Anuais”.

Jenilson Leite (PSB)

“Esse estudo é fundamental para que nós possamos pensar de fato num desenvolvimento planejado. Se não tem diagnóstico não tem como tomar decisões que dialoguem com os problemas econômicos do Estado”.

Edvaldo Magalhães (PC do B)

“Não poderia deixar de registrar meu contentamento com a boa iniciativa. Sem essas ferramentas a gente não consegue fazer um planejamento adequado. Quando a gente toma a iniciativa de envolver o Executivo e o Tribunal de Contas, acredito que tenhamos o olhar mais alargado para o processo”.

Roberto Duarte (MDB)

“Estou muito feliz com esse projeto uma vez que sempre que subo na tribuna a gente discute sobre a viabilidade socioeconômica do Estado, mas não temos um estudo até o momento sobre isso. Essa iniciativa merece então o nosso reconhecimento público porque é um pontapé inicial para se planejar o Estado. Sem isso, não há como se ter viabilidade econômica e social”.

Antonia Sales (MDB)

“Tenho certeza que esse estudo socioambiental vai dar possibilidade às pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza. Isso porque essas pessoas não sabem mais o que fazer porque não podem desmatar. Estão todos de parabéns”.

Texto: Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com