Policiais Legislativos do Acre debatem avanços para a categoria em Conferência da UNALE

Policiais Legislativos do Acre debatem avanços para a categoria em Conferência da UNALE

União Nacional das Polícias Legislativas (Unipol) promoveu nesta quarta-feira (24), durante a 24 • Conferência da UNALE, em Campo Grande (MS), encontro para discutir temas de interesse da categoria. A Assembleia Legislativa do Acre foi representada pelo coordenador, Arthur Montenegro e pelo policial legislativo, Anildo Alves.
Uma das principais pautas discutidas pelo grupo foi o porte de arma das Polícias Legislativas Estaduais. Segundo o policial legislativo de Minas Gerais, Junior Silveira, a Unipol promove debates para que o tema seja contemplado nas respectivas normas.
“As Polícias Legislativas Etaduais figuram como a única categoria policial hoje que não está na lei do Estatuto do Desarmamento. Isso gera para gente muito transtorno, limitações no trabalho e dependência de outras categorias policiais. Então temos trabalhado para que entremos no Estatuto, uma vez que a polícia legislativa da Câmara dos Deputados e do Senado Federal já estão inseridas e estamos buscando essa inserção também”, explicou.

Cleiton Barros, presidente da UNIPOL, destacou que uma das atribuições da polícia é a proteção do Legislativo, dos parlamentares, dos visitantes e dos servidores.
Além disso, Barros detalhou que os policiais legislativos também devem conversar, durante a 24ª Conferência da Unale, sobre a Reforma Administrativa e um projeto de lei complementar que trata da aposentadoria especial dos policiais.

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com