Aleac realiza sessão solene em comemoração aos 30 anos da Ordem DeMolay no Acre

Aleac realiza sessão solene em comemoração aos 30 anos da Ordem DeMolay no Acre

 

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) realizou na manhã desta quinta-feira (11), uma Sessão Solene em comemoração aos 30 anos da instalação da Ordem DeMolay no Estado do Acre.

 A Ordem DeMolay é uma sociedade discreta criada por Frank Sherman Land, a partir de princípios filosóficos, fraternais, iniciáticos e filantrópicos para jovens do sexo masculino, com idade compreendida entre os 12 e os 21 anos incompletos.

A homenagem foi solicitada pelos deputados Roberto Duarte (MDB) e  Pedro Longo (PV). Em pronunciamento, o deputado Pedro Longo falou da importância da Ordem DeMolay para o Estado.

“Como Grão-Mestre que fui da Grande Loja Maçônica, para mim, hoje, é uma honra participar dessa homenagem como parlamentar. A Ordem DeMolay, além de ser uma escola de líderes, é uma escolha de vida. Aprendemos lições que ficam para a vida toda. Nosso país vive momentos difíceis, atualmente, mas, na Maçonaria e na Ordem, os princípios são imutáveis, tem a ver com lições de vida”, disse.

Para o deputado Roberto Duarte que presidiu a solenidade, a homenagem é justa e necessária. “As sessões solenes cumprem um papel social de tornar proeminentes as ações benéficas de diversos setores, entidades e pessoas que contribuem para a construção de uma sociedade cada vez melhor. A Maçonaria e Ordem DeMolay preservam valores importantes para uma sociedade ética, que prima acima de tudo pela caridade e o amor ao próximo”, afirmou.

Em sua fala, Henderson Cortez de Moura, Grande Mestre Estadual Adjunto da Ordem DeMolay Acreana, destacou os princípios básicos que norteiam o grupo e agradeceu pela homenagem recebida.

 “Há 100 anos a Ordem DeMolay vem mudando a vida de jovens, os ensinando a buscar sempre mais honestidade, carinho e amor. Esses jovens buscam manter acesa a chama de valores sagrados que nos dias atuais estão cada vez mais escassos na nossa sociedade”, frisou.

O Sr. Francisco Higino da Rocha, Grão-Mestre Adjunto da Grande Loja Maçônica do Estado do Acre, frisou que o estado é destaque no que diz respeito aos feitos em conquistas, em servir ao próximo.

“Tenho muito orgulho dessa grandiosa instituição, do trabalho que temos realizado nesses 30 anos de atuação no Acre, dos feitos que alcançamos até aqui. Meu desejo é que a Ordem DeMolay cada vez mais se fortaleça, que esses jovens rapazes trabalhem diariamente em busca de uma sociedade melhor”, disse.

Henderson Cortez de Moura, Mestre Conselheiro do Capítulo Manoel Gonzaga Bezerra Filho, agradeceu aos deputados pela homenagem. O mestre relatou, ainda, o papel da Ordem DeMolay no Estado.

“Hoje é um dia especial, estamos comemorando os trinta anos de instalação da Ordem DeMolay no Acre. Atualmente, o Capítulo Manoel Gonzaga é o todo, reforço todos os dias a admiração que tenho por todos os membros do meu capital. Destaco, ainda, que a Ordem não é composta apenas por filhos de maçons como um rótulo que colocam sobre nós, mas por pessoas que querem de fato fazer a diferença”, disse.

João Guilherme dos Santos, Mestre Conselheiro do Capítulo José Ferreira de Araújo, disse que a Ordem DeMolay é uma Ordem Filantrópica que tem como objetivo servir a sociedade, o país, e as pessoas mais necessitadas.

“A Ordem não tem pretensão nenhuma de tirar o posto da família, do lar, da escola e muito menos da Igreja. Ela atua como um grupo de aprendizado, de ensinamentos que irão dar uma boa oportunidade para seus membros, para que os mesmos se tornem bons cidadãos”, enfatizou.

Em sua fala, o deputado Marcus Cavalcante (PTB) salientou que a Ordem DeMolay é a primeira organização juvenil a ensinar jovens a serem bons cidadãos.

“Eu faço parte da família maçônica e estou muito feliz de poder participar dessa importante homenagem. Estamos falando de uma instituição que tem milhões de membros espalhados pelo mundo, são jovens que até 21 anos podem procurar ser melhores, tratar bem a família, amar, ter empatia pelo próximo”, pontuou.

O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) disse que a homenagem do Poder Legislativo à Ordem DeMolay é merecida. “Não é fácil organizar pessoas, seja num sindicato, associação ou em qualquer organização. Sem falar que estruturar uma organização não é simples. Por isso acho esses momentos de homenagens muito importantes porque a gente precisa fazer os reconhecimentos devidos em vida, e nos momentos adequados também. Fiz questão de estar aqui, porque sei da importância do trabalho que vocês realizam”, disse.

Ao final da solenidade, alguns fundadores da entidade foram homenageados pelos deputados no centro do plenário.
Alguns templos da Ordem DeMolay também foram homenageados na ocasião.

Texto: Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Revisão: Suzame Freitas

         

 

 

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com