Deputado Edvaldo Magalhães questiona pedido de empréstimo de mais de R$ 1 bilhão que governo pretende fazer

Deputado Edvaldo Magalhães questiona pedido de empréstimo de mais de R$ 1 bilhão que governo pretende fazer

 

 

 

A solicitação para fazer um empréstimo de R$ 41 milhões de dólares, feita pelo governo do Estado, foi tema do discurso do deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) durante sessão realizada na manhã desta quarta-feira (13). O parlamentar alega que o executivo possui, atualmente, mais de R$ 1 bilhão em caixa somente para investir em recursos.

“Durante uma reunião na Comissão de Orçamento e Finanças da Casa, onde tratamos sobre o pedido de empréstimo, eu sugeri que recebêssemos para um debate, os secretários de Estado de Planejamento e Gestão, o secretário de Fazenda e também o professor doutor em economia da Ufac, Orlando Sabino para discutirmos sobre a solicitação do executivo e quanto este possui em caixa”, explicou.

O parlamentar ressaltou que Orlando Sabino publicou, recentemente, um artigo onde afirma que o governo possui, atualmente, R$ 1,7 bilhão em caixa, arrecadados durante a pandemia. Magalhães afirma que o Estado precisa de um programa de investimentos para aquecer sua economia.

“Em seu artigo, Sabino demonstrou que mesmo nesse período difícil da pandemia, o Acre teve um grande superávit na arrecadação em sua receita e tem um estoque de recursos de R$ 1,7 bilhões para investimento. A gravidade é que o Estado, nesse período, demonstrou a menor capacidade de execução orçamentária. Uma coisa é não ter recursos e buscar dinheiro para investir, a outra é ter e ele ficar mofando no Tesouro Estadual, que virou o Tio Patinhas, guarda o dinheiro e não sabe o que fazer com ele”, criticou.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac

Revisão: Suzame Freitas

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com