Deputado Chico Viga pede que Igarapé Preto seja considerado patrimônio cultural imaterial do Acre

Deputado Chico Viga pede que Igarapé Preto seja considerado patrimônio cultural imaterial do Acre

 

 

O deputado Chico Viga (Podemos) apresentou durante sessão desta quarta-feira (22), um projeto de lei que reconhece o Igarapé Preto, localizado em Cruzeiro do Sul, como patrimônio cultural de natureza imaterial para o Acre. Ele pontuou que o balneário é um dos principais cartões postais da cidade.

Patrimônio imaterial é um conjunto de bens que têm valor, mas não têm preço, porque não são negociáveis. Reúne conhecimentos, práticas e modos de vida e de expressão, e também lugares. É transmitido de geração a geração, constantemente recriado pelas comunidades e grupos em função de seu ambiente, de sua interação com a natureza e de sua história, gerando um sentimento de identidade e continuidade, contribuindo para promover o respeito à diversidade cultural e à criatividade humana.

“O Igarapé Preto possui orla natural, quadras para prática de esportes e quiosques com venda de alimentos da culinária local, tornando-o um dos principais pontos turísticos do Acre. Sem sombra de dúvidas, um dos locais mais marcantes àqueles que visitam e passam por Cruzeiro do Sul”, justificou.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac

Revisão: Suzame Freitas

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com