Missa de sétimo dia.

Boa noite a todos, antes de mais nada, em nome da família, gostaria de agradecer as inúmeras demonstrações de carinho e de conforto que recebemos ao longo desse curto período da enfermidade do nosso pai, sua partida e os dias que sucederam até hoje.

Percebemos que essas mensagens, para além de nos confortar, demonstravam também o sentimento de cada um de vcs. Quantos chegavam nos dizendo que perderam um amigo, alguém que considerávam de casa, um quase parente.

E como foi, e é gratificante, perceber que essa ação individual de cada um de vocês, refletia na verdade, a aura do nosso Gouveião.

Esse termo Gouveião, que passamos adotar como seu nome, não veio apenas pelo porte avantajado, mas esse “ão” fazia jus ao amigão, ao irmãozão, ao paizão, ao vozão e tantos outros substantivos que pudermos adotar mas todos remetem ao coração, um coraçãozão, que ele possuía.

Nem tudo foram flores em sua caminhada, muito pelo contrário, não faltaram percalços, obstáculos e dores em sua trajetória, mas elas nunca foram suficientes para abate-lo e impedi-lo de seguir em frente.

Uma vez disse a ele: você faz parte de uma safra de uva, que já não encontramos mais, que inicialmente tinha uma acidez, mas com o passar do tempo pôde se transformar em um dos mais nobres vinhos, e o açúcar que fez essa transformação chama-se amor.

Amor esse que ele vivenciou nas mais diferentes nuances e intensidades, que ele transmitia do seu núcleo familiar até aquele transeunte que passava em sua vida.

Estamos saudosos, tristes, chorosos, e isso faz parte dessa etapa do ciclo da vida, mas de fato, com muita resiliência, estamos gratos a Deus, ter nos possibilitado tantos anos de convivência com nosso Gouveião.

Olhando aqui para cada um de vocês, eu tenho certeza que cada um terá pelo menos uma recordação de uma piada, um causo, uma presepada ou um fato que tenham presenciado ou vivenciado tendo nosso Gouveiao como protagonista.

E aí peço de coração, é um pedido de um filho que muito o amava. Não reprimam os sentimentos e sensações que virão dessa lembrança, certamente virá um vontade de sorrir ou até mesmo de gargalhar, pois então, façam isso, essa será a melhor forma de hoje em diante de revendíamos a sua memória. E certamente, de onde ele estiver, rodeado de outros tantos queridos que se foram, ele sentirá esse afago de cada um de vocês.

Muito obrigado e que possamos seguir em paz, olhando para o amanhã que será lindo, intenso e cheio de virtudes, grande beijo no coração de vcs

E uma salva de palmas para ele, pq ele merece! Sandro, Sandra e Jr. Gouveia

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com