Após sabatina, deputados aprovam Ribamar Trindade para vaga de conselheiro do TCE

Após sabatina, deputados aprovam Ribamar Trindade para vaga de conselheiro do TCE

Os deputados estaduais se reuniram em comissão especial na manhã desta sexta-feira (30) para sabatinar José Ribamar Trindade, indicado do governador Gladson Cameli (Progressistas) para ocupar a vaga do falecido conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCU), José Augusto de Faria.

Os deputados Gehlen Diniz, Whendy Lima, Roberto Duarte, Jonas Lima e Cadmiel Bonfim compuseram a comissão. Já os suplentes foram: José Bestene, Chico Viga, Meire Serafim, Daniel Zen e Antônio Pedro.

Após a sabatina, diversos parlamentares se pronunciaram e houve votação nominal. O nome de Ribamar Trindade foi aprovado por unanimidade para assumir a 6ª vaga de conselheiro titular.

Em pronunciamento, Trindade fez uma explanação de sua trajetória, desde a infância em seringal até sua chegada ao governo do Estado, passando antes como assessor de conselheiro do TCE. Disse que foi quebrador de concreto em Rio Branco, trabalhou na Prefeitura da capital, estudou duro e formou-se em Direito, advogando inicialmente em empresa privada.

Ribamar falou ainda do respeito e admiração que tinha pelo conselheiro José Augusto. “Sofri um acidente   em 2002, tive que usar muletas por cinco anos. Neste período difícil, José Augusto me ajudou demais”, disse.

Para o deputado e líder do governo, Gehlen Diniz (Progressistas), Ribamar cumpre todos os requisitos legais para ocupação do cargo. “Me sinto contemplado com a indicação”, disse.

Cadmiel Bonfim também avaliou positivamente a indicação. “Com certeza fará um grande trabalho no TCE”.

Ao ser aberta a discussão para os parlamentares membros e não membros da Comissão, o primeiro a se pronunciar foi o deputado Edvaldo Magalhães (PC do B). O oposicionista questionou ao indicado à vaga de conselheiro, se ele não temeria um impedimento judicial para assumir o cargo.

Ribamar Trindade respondeu: Estou tranquilo e amparado juridicamente. Na época em que se discutiu o nome de Maria de Jesus, não sabia da idade dela acima dos 65 anos. Estava internado em São Paulo quando soube da indicação, e naquele momento não tinha dúvida que a vaga cabia a ela”, disse.

O deputado Fagner Calegário perguntou a Ribamar o que ele fará para proteger as empresas locais. Em resposta, Ribamar trindade disse “isso são atos discricionários, o que precisa, neste caso, é mudar a legislação. Neste sentido, sugiro que vocês parlamentares, indiquem mudanças na lei”.  

O deputado Neném Almeida parabenizou Ribamar Trindade pelo novo desafio. “Lhe desejo sorte nessa caminhada”.

Daniel Zen disse que Ribamar Trindade preenche todos os requisitos para exercer o cargo de forma plena. “Digo ainda que ele extrapola esses requisitos. Deixo aqui as minhas felicitações, tenho certeza de que fará uma brilhante atuação no TCE”.

 Jonas Lima também se mostrou satisfeito com a escolha do governador. “Fico muito feliz em ver um homem simples chegar a conselheiro do Tribunal de Contas”, frisou.

O deputado Luiz Tchê (PDT) disse que o governo do Estado perde um grande secretário. “Mas quem ganha é o Tribunal de Contas. Ribamar é altamente preparado para o cargo”, enfatizou.

Ao votar favorável à indicação, o deputado Jenilson Leite destacou que o nome de Ribamar é “altamente qualificado. “O meu desejo é que ele possa representar bem o povo acreano”.

Marcus Cavalcante disse: “O TCE vai ganhar muito com a chegada de Ribamar”.

A deputada Maria Antônia também parabenizou Trindade. “Que Deus o ilumine nesse novo desafio”.

Já o deputado Pedro Longo (PV) questionou qual seria a linha adotada por Ribamar Trindade, se ele seguirá uma linha também educacional. Trindade citou a Escola de Contas, unidade que tem formado gestores em diversas áreas. “Vou ter muita prudência e agir com muita justiça. Sei que muitos não agem de má fé, mas por deficiência técnica”, salientou Trindade.jenilsonl291116-2A finalizar a sessão extraordinária, o presidente da Aleac, deputado Jenilson Leite (PSB), agradeceu a presença dos parlamentares na plataforma. “Obrigado a todos pela presença e pela produção do dia de hoje. Estamos passando por um momento difícil, mas, essa casa de leis não pode parar. Seguiremos firmes, respeitando todos trâmites e cumprindo com nossas responsabilidades legislativas”.

Mircléia Magalhães/Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com