Daniel Zen diz que privatização dos Correios é um atentado contra a soberania nacional

Daniel Zen diz que privatização dos Correios é um atentado contra a soberania nacional

Na sessão on-line desta quarta-feira (19), o deputado Daniel Zen (PT) falou sobre a decisão dos servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no Acre (Correios), de aderir greve por tempo indeterminado, na noite da última segunda-feira (17), após realização de uma assembleia. Um dos motivos da greve é a possível privatização da estatal dos Correios que, para o deputado, é um atentado contra a soberania nacional.

“O presidente Bolsonaro insiste nessa agenda de privatização que tem como único objetivo transferir para a iniciativa privada o filé Mignon das empresas brasileiras. Os verdadeiros patrimônios do povo brasileiro estão sendo privatizados, isso é inaceitável”, disse.

O oposicionista frisou ainda que, nesse período de pandemia, os servidores dos Correios têm trabalhado o dobro, porque os serviços aumentaram. “Parabenizo a presidente do Sindicato dos Correios do Acre, Susy Cristiny, pela luta incansável na defesa dos direitos desses trabalhadores. Parabenizo todos aqueles que estão lutando para impedir que os nossos patrimônios sejam vendidos a preço de banana. Essa luta não pode parar, privatizar os Correios é um absurdo sem fim, é entregar de bandeja as riquezas nacionais para os tubarões do mercado financeiro de capitais”, complementou.

Mircléia Magalhães – Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com