Deputado Edvaldo Magalhães afirma que começou temporada de “caça às bruxas” com retirada de pré-candidaturas

Deputado Edvaldo Magalhães afirma que começou temporada de “caça às bruxas” com retirada de pré-candidaturas

Durante sessão virtual realizada na manhã desta quarta-feira (15), o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) disse que foi aberta a temporada de “caça às bruxas” no Estado, no que classifica como o “corte de cabeça” de pré-candidatos à prefeitura. O parlamentar citou a retirada dos nomes de Fernando Zamora e Luziel Carvalho, ex pré-candidatos na capital.

“Literalmente foi aberta a temporada de corte de cabeças de candidatos à prefeitura, principalmente,  na capital. A temporada, inclusive, está apenas iniciando. Semana passada foi o vice-governador que entregou de bandeja a cabeça do Fernando Zamora, essa semana, o clã da família Milane entregou a cabeça de Luziel Carvalho, que ficou devastado com a situação”, disse.

O comunista seguiu discursando ao estilo crônica política, que fora assim classificado por ele mesmo. Sobre os mandatários do governo, ele os intitulou como falcões e disse que os mesmos foram a Brasília para fazer conjunturas políticas e, que essa visita resultará em mais “cabeças cortadas”, referindo-se ao cancelamento de outras pré-candidaturas no Acre. “E os falcões do governo mudaram de endereço, deixaram o código de referência 68 e foram para o 61, em Brasília. As placas tectônicas da política acreana se movem no Distrito Federal”.

Edvaldo também fez uma observação acerca da reunião entre membros do MDB e o governador Gladson Cameli (PP). O evento teria durado mais de quatro horas, fato que causou espanto no parlamentar, que se refere ao gestor do Estado como alguém inquieto, que não consegue ficar por muito tempo parado em determinado lugar.

“Ontem aconteceu um milagre e devemos isso ao MDB, que conseguiu que o governador, uma pessoa inquieta, permanecesse por 4h30min numa reunião. Certamente trataram de assuntos bem importantes. Hoje, pela manhã, membros do PP também se reuniram com o samurai maior do governo. É preciso aguardar para saber qual será o cardápio de cabeças que o governador apresentará nos próximos dias. Se servirá Tião Bocalon ou Socorro Neri, pois pairam duas versões no ar”, concluiu.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook