Nicolau Júnior é reeleito à presidência da Mesa Diretora da Aleac

Nicolau Júnior é reeleito à presidência da Mesa Diretora da Aleac

Em sessão extraordinária realizada na tarde desta terça-feira (14), os deputados do Acre elegeram a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para a 3ª e 4ª Sessões Legislativas da 15ª Legislatura (biênio 2021/2022), tendo à frente o atual presidente, deputado Nicolau Júnior (PP).

O progressista foi reconduzido, concorrendo em chapa única, ao cargo de presidente com 23 votos, garantindo, assim, sua permanência à frente do Parlamento Estadual pelos próximos dois anos.

A eleição deveria ocorrer apenas em fevereiro, mas foi antecipada a pedido do deputado Gehlen Diniz (Progressistas). Os parlamentares aprovaram uma mudança no regimento interno da Aleac que permitiu a antecipação. A reeleição da Mesa Diretora da Aleac partiu de um consenso entre os parlamentares estaduais.

De biênio em biênio, a mesa diretora da Assembleia é eleita para cumprir o papel de coordenar as ações institucionais que delimitam a administração do Poder Legislativo. Após uma gestão pacífica e de boa relação com deputados tanto da base governista como oposicionista, o Nicolau Júnior foi reeleito para dar continuidade ao trabalho que foi implementado no biênio de 2019/2020.

Além do parlamentar progressista, a chapa conta ainda com Jenilson Leite (PSB), sendo seu vice, a primeira secretaria continuou com o deputado Luiz Gonzaga (PSDB) e a segunda-secretaria com a deputada Antônia Sales (MDB).

A votação não foi nada convencional devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A eleição foi realizada de maneira virtual, através da plataforma digital da Casa de Leis, como já ocorre com as sessões ordinárias.  A nova Mesa Diretora toma posse em 1º de fevereiro do próximo ano.

Ao agradecer a confiança de seus pares, Nicolau Júnior disse que “essa eleição é a vitória do parlamento estadual”. Disse ainda que pretende unificar ainda mais os trabalhos na casa, primando sempre pelo melhor para os cidadãos acreanos.

“Quero agradecer a minha família que tem me dado apoio nessa caminhada, agradecer o povo do Acre que me concedeu este mandato, e agradecer aos deputados que me deram o segundo mandato de presidente. Juntos, enfrentamos dois anos árduos de grandes debates, desafios e muito trabalho. Agradeço de verdade por me concederem mais um voto de confiança”, disse.

 O presidente da Aleac frisou ainda que o objetivo agora é focar nas ações que possam colaborar para a retomada social e econômica do estado, garantindo o acesso à saúde frente à pandemia do coronavírus.

“Quero aproveitar esse momento memorável para reforçar meu compromisso com a população acreana. Continuarei trabalhando diariamente para garantir o bem-estar das famílias do Acre. O parlamento moderno precisa estar atento às demandas da população. E temos feito isso. Eu sei que juntos vamos conseguir retomar nossa economia e restabelecer a saúde do nosso povo”, disse.

O que os deputados disseram:

Ao declarar voto favorável a Nicolau Júnior, os parlamentares destacaram a maneira ‘democrática’ de como o progressista tem conduzido os trabalhos legislativos.

O primeiro a votar foi o líder do governo, Gerlen Diniz. “Essa casa sai maior com essa votação”, disse o parlamentar.

O deputado José Bestene (Progressistas), parabenizou a Mesa e os demais deputados pelos “embates em defesa do povo”. “E é dessa forma que seguiremos, trabalhando juntos pelo bem-estar do povo do Acre”.

O deputado Roberto Duarte (MDB) disse que Nicolau respeitou sempre o debate democrático. “Nicolau é merecedor da confiança do meu voto”, enfatizou.

Daniel Zen destacou que o consenso prevaleceu. “Hoje estamos dando a prova de que é possível sim, em nome do fortalecimento do Poder Legislativo, estabelecer consenso medianos, que se não agradam a todos, mas, agrada num percentual elevado, a todos os 24 deputados. E vamos continuar atuando dessa forma independe do resultado das eleições vindouras e de questões externas a este parlamento”, frisou.

O deputado Neném Almeida agradeceu aos pares pela decisão “acertada”. “O caminho mais certo é este, da manutenção da chapa. Nicolau Júnior é um irmão da política que Deus me deu. Tem todo meu respeito”, disse.

Os deputados Cadmiel Bonfim e Luiz Gonzaga, também exaltaram o trabalho de Nicolau Júnior. “Peço a Deus que abençoe a todos os membros da Mesa e a todos nós que vamos trabalhar pela boa condução do Parlamento Acreano. Daremos o nosso melhor”, disse Gonzaga.

Emocionado, o deputado Jonas Lima fez elogios a Nicolau Júnior. “Uma pessoa querida que tive a oportunidade de conhecer. Um presidente democrático como tem que ser”, salientou.

O primeiro-vice-presidente reeleito, Jenilson Leite, falou em maturidade do Poder Legislativo e fez os agradecimentos. “Agradeço a todos pela confiança”.

Já a deputada Doutora Juliana destacou a presença de duas mulheres na composição da mesa, Antônia Sales e Maria Antônia. Já o deputado Manoel Moraes fez referência aos servidores do Poder Legislativo.

Edvaldo Magalhães frisou que prevaleceu a paciência e tolerância para construção daquilo do ‘consenso majoritário’. O comunista lembrou ainda dos tempos em que a disputa pelos cargos da Mesa Diretora se dava com maletas de dinheiro repassada no banheiro perto do Plenário.

“A Aleac foi a primeira do País a acabar com o voto secreto na eleição da MD a partir de lei proposta pelo então deputado estadual Marcio Bittar. Hoje, estamos antecipando a eleição e só teve um custo: horas de internet”, disse o deputado ao destacar a conquista de uma eleição com lisura e transparência.

Texto: Mircléia Magalhães
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook