Deputado Edvaldo Magalhães faz alerta sobre crescentes dos números da Covid-19 e ausência de gestores em cargos estratégicos do governo

Deputado Edvaldo Magalhães faz alerta sobre crescentes dos números da Covid-19 e ausência de gestores em cargos estratégicos do governo

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) falou durante sessão virtual desta quarta-feira (08) sobre os índices da Covid-19 no Estado, e a ausência de profissionais em dois importantes cargos de secretarias decisivas para este momento. Ele também pediu providências acerca das cobranças com juros que continuam chegando para comerciantes que estão com portas fechadas.

“Estamos quase fechando os 400 óbitos por conta da pandemia, bem como nos aproximando dos 15 mil infectados. Faço o registro para lembrar sobre a gravidade do momento. Da mesma forma, recordo a todos que a Secretaria de Estado de Fazenda continua sem gestor e um importante cargo da Secretaria Estadual de Saúde, responsável pelas compras de medicamentos e insumos, em meio ao crescimento dos óbitos e doentes, passa pelo mesmo”, ressaltou.

O parlamentar disse que essa situação não é comum, que apesar de ser normal ocorrerem substituições, estas não devem acontecer em meio a crises. Salientou também que os comerciantes acreanos aguardam por um parecer do governo em relação à reabertura do comércio e a cobrança de impostos e juros aplicados, mesmo que os empresários estejam obedecendo às regras de isolamento social e mantendo as portas fechadas.

“Espero que o governo resolva rapidamente esse intervalo, pois há demandas sobre a mesa. Os comerciantes aguardam um parecer, mas até o momento nenhuma medida foi adotada, nenhuma resposta apresentada, os atrasos implicam muito na vida dessas pessoas e do comércio acreano. Quem está com as portas fechadas continua recebendo cobranças com juros e multas. Isso é uma grande contradição”, asseverou.

Andressa Oliveira/ Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook