Deputado Edvaldo Magalhães vê estranhamento em demissão de dois servidores do alto escalão do governo

Deputado Edvaldo Magalhães vê estranhamento em demissão de dois servidores do alto escalão do governo

Durante sessão virtual desta terça-feira (07), o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) disse ter visto com estranhamento a demissão da secretária de Estado de Fazenda, Wanessa Brandão e também do diretor de Administração, Recursos Humanos, Orçamentos e Finanças da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), Silvio Charles. O parlamentar alegou que em meio a uma crise pandêmica, a exoneração de dois importantes agentes é de se levantar questionamentos.

“Hoje pela manhã, lendo o Diário Oficial me deparei com essas duas exonerações que são preocupantes. As razões, já matérias disponíveis nos sites, cada um com suas motivações. Mas o fato é que estamos em meio a uma crise e o governo mexendo na equipe. Não é normal. Estamos assistindo este ano não apenas o ineditismo da pandemia, mas também mudanças na composição política do governo. Há implicações disso na gestão, a crise que está em curso, terá desdobramentos nessa plataforma política”, previu.

O parlamentar também se posicionou acerca do número de óbitos no Estado, decorrentes da Covid-19. Dados apresentados pela Sesacre na tarde de ontem, apontavam 394 vítimas fatais da doença. Edvaldo lamentou o índice e disse que hoje o mesmo pode chegar a 400.

“O Acre contabilizou 394 mortes pelo coronavírus. Infelizmente, posso afirmar que hoje esse número bata a casa dos 400. Se nós, aqui na sessão, fôssemos prestar uma homenagem a cada uma dessas vítimas e pedíssemos 1 minuto de silêncio, passaríamos pelo menos 6h30min em silêncio. Isso é para termos uma dimensão da tragédia que vivemos. O índice de mortalidade é muito alto, é hora de tratar com a gravidade que precisa”, alertou.

Edvaldo concluiu seu discurso solicitando ao presidente do Poder Legislativo, Nicolau Júnior (PP), que seja feita o quanto antes uma reunião da Comissão de Orçamento e Finanças da Casa, para tratar sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias, antes que se inicie o recesso parlamentar de julho.

Texto: Andressa Oliveira
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com