“Porque os recursos recebidos pela Sesacre estão parados, se faltam remédios, testagens, EPIs e leitos de UTIs?” Indaga Daniel Zen

“Porque os recursos recebidos pela Sesacre estão parados, se faltam remédios, testagens, EPIs e leitos de UTIs?” Indaga Daniel Zen

O deputado Daniel Zen (PT) questionou na sessão on-line desta quarta-feira (1), o fato da Secretaria de Estado de Saúde ter utilizado apenas 26% do montante de R$ 61 milhões que foram enviados pela União para o combate da Covid-19 no Acre. Para o deputado, a Sesacre utilizou pouco o recurso, levando em consideração que o Estado ingressou no quarto mês de pandemia.

“Ontem, tivemos a presença do secretário de saúde na nossa plataforma digital e já aproveito para elogiar sua boa vontade em esclarecer nossas dúvidas. Mas confesso que fiquei preocupado quando ele disse que dos R$ 198 milhões que foram enviados pela União, o Acre já recebeu R$ 61 milhões, e desse valor, apenas R$ 16 milhões foram utilizados para o combate ao novo coronavírus. Acho muito pouco levando em consideração que já estamos entrando no quarto mês de pandemia”, disse.

O oposicionista quer saber o que falta para a Sesacre executar os recursos que já estão em caixa e que se encontram “parados” até o momento. “Não estou falando que há alguma ilegalidade ou conduta ilícita da equipe, estou apenas querendo saber o que está faltando para que a Sesacre execute esses recursos. Por que eles estão parados se faltam remédios, testagens, EPIs e leitos de UTIs? Está faltando competência técnica da equipe? Conhecimento para tocar os processos licitatórios? Para efetuar os contratos e compras? O que está faltando? ”, indagou.

Para concluir, Daniel Zen lamentou o falecimento do engenheiro Luís Carlos. “Hoje, recebi essa triste notícia. Luís era um grande amigo meu e de minha esposa. Trabalhou anos na prefeitura. Ainda não está confirmada a causa da morte, mas há suspeitas de que ele teve uma parada cardíaca em decorrência da Covid-19. Que Deus possa confortar toda a família”, finalizou.

Texto: Mircléia Magalhães
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook