Deputada Maria Antônia defende descentralização de atendimento a pessoas atingidas pela hanseníase

Deputada Maria Antônia defende descentralização de atendimento a pessoas atingidas pela hanseníase

Durante sessão realizada nesta quarta-feira (12), a deputada Maria Antônia (PROS) enalteceu a iniciativa do Ministério Público do Estado (MP/AC) que em parceria com o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) promoveu um seminário onde foi discutida a descentralização para o tratamento da doença.

 A parlamentar destacou a importância de que seja promovida a capacitação de profissionais de saúde que atuam nos municípios, para que sejam feitos o diagnóstico e tratamento da hanseníase sem que os pacientes precisem se deslocar até a capital.

 “Fico feliz com a iniciativa do Ministério Público e Morhan para promover esse debate que vai render na capacitação de profissionais para que eles atuem no interior. O Movimento já vem desenvolvendo ações de conscientização e o combate ao preconceito há muitos anos, com mais esse apoio eu acredito que as pessoas que estão em tratamento serão melhor beneficiadas”, disse.

 Maria Antônia disse não culpar os municípios pela não realização desse tipo de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde, pois entende que antes que isso aconteça o Estado precisa capacitar os profissionais que atuam na rede municipal.

 “Para que a descentralização desses serviços ocorra é necessário qualificar os profissionais para diagnóstico precoce e enfrentamento da doença, além de combater o preconceito e a falta de informação em torno dessa patologia, conforme prevê as normas do Ministério da Saúde”, finalizou.

 Texto: Andressa Oliveira
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook