Comissão de Saúde da Aleac recebe pais de pacientes que realizam tratamento no Unacom

Comissão de Saúde da Aleac recebe pais de pacientes que realizam tratamento no Unacom

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) reuniu na manhã desta terça-feira (12) com um grupo formado por pais e servidores do Hospital do Câncer do Acre (Unacon). Na pauta, a falta de medicamentos e de aparelhos essenciais para o tratamento nas unidades de saúde que prestam atendimento aos pacientes que sofrem com a doença.

“Tratamentos como radioterapia, quimioterapia e outros exames não estão mais sendo realizados no Unacon. Por conta desses e de outros problemas, eu perdi minha filha Marina. Ela lutava contra a leucemia e, infelizmente, perdemos a batalha. O hospital do câncer está abandonado, os leitos têm goteiras, as paredes estão mofadas. Não tem sequer remédio para que os pacientes realizem a quimioterapia. O momento é crítico”, disse Marineide Teixeira.img_2618-1

A médica oncologista pediatra, Valéria Paiva, denunciou que em alguns casos são os próprios familiares que compram os medicamentos para dar prosseguimento ao tratamento dos pacientes. “Uma criança de 4 anos que tem leucemia chegou ao hospital e teve dificuldade de fazer os exames necessários. No caso dela, a família conseguiu pagar o exame fora, mas sabemos que a maioria dos pacientes não tem condição alguma”, pontuou.

A médica salientou ainda, que houve um período em que os pacientes com câncer eram tratados no Acre com radioterapia e quimioterapia, mas que há cerca de uns dois anos estes tratamentos deixaram de ser realizados no estado. “Isso é preocupante, nós obtivemos melhorias na saúde e agora estamos vendo o retrocesso. Não podemos deixar isso acontecer”, complementou.

Representando o secretário de saúde do Estado, Alysson Bestene, Silvio Charles disse que o aparelho de radioterapia vai voltar a funcionar. Garantiu ainda que os serviços para melhorar a parte estrutural do prédio do Unacon já estão sendo contratados.

“O secretário Alysson já entrou em contato com o ministro da saúde e o mesmo se comprometeu em ajudar tanto na reforma do hospital quanto no fornecimento de medicamentos. Com relação ao problema de umidade que o Unacon enfrenta atualmente, isso também será resolvido”, enfatizou.

O vice-presidente da Comissão de Saúde, deputado Jenilson Leite (PSB), também demonstrou preocupação com a precariedade no serviço de saúde do Estado. “Estamos preocupados com a saúde, o serviço está ficando cada vez mais precário. O tratamento do câncer no Acre está cada vez mais perdendo sua força e nós não podemos deixar isso acontecer. Já estive conversando com representantes do CRM e do Ministério Público, precisamos de fato tomar algumas providências”, pontuou o parlamentar.

Após ouvir atentamente o relato dos pais, o presidente da Comissão de Saúde, deputado José Bestene (PP), disse que levará as reivindicações ao conhecimento do governador do Estado. “Esses problemas precisam ser tratados com a urgência que merecem, não podemos deixar que mais crianças morram para só então começarmos a tomar providências. Precisamos levar essas denúncias ao governador para que ele possa liberar os recursos necessários para resolvermos esses problemas”, enfatizou.

Participaram ainda da reunião, os deputados Roberto Duarte (MDB), Edvaldo Magalhães (PC do B), Antonia Sales (MDB), Josa da Farmácia (Podemos), Fagner Calegário (PL), Antônio Pedro (DEM).

Texto: Mircléia Magalhães
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook