“A reforma da Previdência foi retirada da pauta de votação graças à resistência dos trabalhadores”, diz Edvaldo Magalhães

“A reforma da Previdência foi retirada da pauta de votação graças à resistência dos trabalhadores”, diz Edvaldo Magalhães


Em pronunciamento na sessão desta quinta-feira (7), o deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) parabenizou os servidores públicos que desde o início da semana protestam contra a Reforma da Previdência Estadual, no prédio da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). O parlamentar frisou que o projeto só foi retirado de pauta devido a mobilização dos trabalhadores.

“Quero agradecer aos servidores pela presença nesta casa. A intenção do governo era passar um rolo compressor e votar na última terça-feira (5) esse projeto, mas graças a resistência de vocês isso não aconteceu. É importante registrar que vocês não são baderneiros, são trabalhadores que estão lutando, inclusive, pelos servidores desta casa, pelos seguranças deste poder, pelo futuro dos funcionários e dos filhos dos deputados também”, disse.

O comunista parabenizou ainda o presidente Nicolau Júnior (PP), por garantir o diálogo com as categorias. “O presidente hoje informou que terá uma agenda de discussão com os sindicatos e governo, essa é mais uma vitória dos trabalhadores. Se não fosse a pressão de vocês as coisas teriam tomado rumos diferentes. A partir de agora, nossa estratégia ganha um novo horizonte, já iniciei uma conversa com alguns líderes sindicais e deputados. Só peço uma coisa, tirem imediatamente desse projeto essa questão da sexta parte e da licença-prêmio, isso não interfere no resultado final, isso é maldade contra os servidores”, concluiu.

Texto: Mircléia Magalhães
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook