Sargento Cadmiel esclarece reportagem envolvendo seu nome

Sargento Cadmiel esclarece reportagem envolvendo seu nome


O deputado Sargento Cadmiel (PSDB) usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na sessão desta quinta-feira (5), para fazer alguns esclarecimentos a respeito de uma reportagem divulgada num site local envolvendo o seu nome. A matéria afirma que o Imac pousou na propriedade do irmão do deputado e teria flagrado mais de 200 hectares de floresta derrubadas. Cadmiel rebateu afirmando que a reportagem, além de conter inúmeros erros e ter sido elaborada de maneira “exagerada”, foi feita com a intenção de manchar o nome de sua família.

“Não poderia deixar de tratar esse assunto nesta tribuna e de esclarecer alguns pontos. A reportagem, além de ser obscura e exagerada, também contém muitos erros. Foi feita na verdade para manchar o meu nome. É importante ressaltar que meu irmão foi ao Imac para falar sobre a legalização da derrubada, o único erro dele foi querer colocar a carroça na frente dos bois, ele agiu de maneira precipitada, ele sabe que errou. É tanto que ele mesmo pediu para ser multado pelo órgão”, explicou.

O deputado parabenizou ainda o Imac por cumprir o seu papel e por não passar a mão na cabeça de ninguém. “O Imac não foi lá como afirma a reportagem, isso não aconteceu. Foi o meu irmão que procurou o órgão. E outra, ele não é milionário como também diz a matéria, é um homem trabalhador e muito esforçado. No mais, eu parabenizo o Imac por não passar a mão na cabeça de ninguém por ser irmão ou parente de deputado, fato que acontecia muito nos governos anteriores. Ninguém está acima da lei, quem comete infração tem que ser multado sim, a lei deve ser cumprida”, enfatizou.

Sargento Cadmiel disse ainda que o ocorrido é um exemplo de que não apenas os pequenos produtores são multados no Estado. “O acontecido faz cair por terra o discurso da bancada de oposição que afirma que o Imac multa apenas os pequenos produtores. O governo do Estado não faz essa divisão, ninguém está acima da lei. Quem errou tem que ser penalizado sim”, finalizou.

Texto: Mircléia Magalhães
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook