Edvaldo Magalhães comenta exoneração de Lúcio Brasil “Achei estranho, sei de sua competência”

Edvaldo Magalhães comenta exoneração de Lúcio Brasil “Achei estranho, sei de sua competência”


O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) foi um os parlamentares que comentou sobre a demissão do diretor-presidente da Fundação Hospitalar do Acre, médico Lúcio Brasil, na sessão desta quarta-feira (21). A informação de sua exoneração foi dada pelo chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, na tarde da última terça-feira (20). Segundo o comunista, a destituição do médico é apenas mais um capítulo dos acontecimentos “estranhos” ocorridos na Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre).

“Conheço o doutor Lúcio Brasil, tive a oportunidade de conviver com ele em frentes de trabalho, por isso sei de sua competência e seriedade. A substituição dele trata-se de uma decisão política e decisão política de governo não se discute. Não estou questionando isso, o que estou questionando é a forma estranha como tudo aconteceu. Há algo em curso na Sesacre e o afastamento dele é apenas mais um capítulo desse processo”, disse.

Ainda segundo o parlamentar, os últimos acontecimentos no setor de saúde vão de encontro aos discursos proferidos pelo governador Gladson Cameli (PP) durante as últimas eleições. “Esses acontecimentos jogam por terra um discurso muito forte na época de campanha que tratava da valorização dos servidores, das coisas da terra, das empresas locais, dos negócios daqui. Logo essa categoria que abraçou de maneira extraordinária a candidatura do atual governador. Os profissionais de saúde não merecem isso”, enfatizou.

Sobre a possibilidade de um coronel assumir a direção da Fundação Hospitalar do Acre, Edvaldo Magalhães afirmou: “O discurso que era de “valorizar a prata da casa” está sendo substituído por coronéis, nada contra eles, mas cada um no seu quadrado. Estão tratando a saúde como coisa de quartel. Estão colocando no setor, pessoas que não conhecem os problemas da área. Tem paciente morrendo à míngua por conta de decisões administrativas equivocadas, é desumano o que estão fazendo. Que modelo é esse? ”, questionou.

Texto: Mircléia Magalhães
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook