Deputado José Luís Tchê apazigua ânimos entre deputados que ficaram revoltados com afirmações feitas pelo governador

Deputado José Luís Tchê apazigua ânimos entre deputados que ficaram revoltados com afirmações feitas pelo governador


O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado José Luís Tchê (PDT) apaziguou os ânimos entre os parlamentares que ficaram indignados com a decisão do governador Gladson Cameli (PP), em cortar R$ 700 mil em verbas suplementares que seriam destinadas à Instituição.

O pedetista disse que a decisão do governo ocorre porque de acordo com a verba que será destinada ao Poder Legislativo em 2020, não será necessário suplementar, uma vez que o montante será suficiente.

“Ainda estamos executando o orçamento que foi aprovado ano passado. Para 2020 não será necessário suplementar, pois esta Casa, num ato de construção, aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias para que não fiquemos dependendo sempre de uma suplementação”, explicou.

Tchê também agradeceu os elogios recebidos pelos colegas deputados por estar exercendo bem seu papel na liderança do governo na Aleac, mas destacou que seu principal papel no parlamento é debater e fiscalizar. “Creio que passei pelo estágio probatório, mas eu sou deputado, estou líder, contudo, o parlamento exige muito mais de mim”, ressaltou.

O líder finalizou seu discurso convidando os parlamentares para que todos voltem seus discursos para uma construção que vá ao encontro dos anseios da população. Ele pediu que assuntos que só levam a discussões sem resultados sejam deixados para trás.

“Sei que as discussões fazem parte e estamos aqui para fiscalizar, mas a partir da semana que vem, vamos nos pautar somente em discussões que farão diferença na vida dos acreanos. Tenho certeza que essa legislatura vai fazer a grande diferença”, concluiu.

Texto: Andressa Oliveira
Revisão: Suzame Freitas
Foto: João Simão
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com