Aleac faz homenagem aos 120 anos do Estado Independente do Acre

Aleac faz homenagem aos 120 anos do Estado Independente do Acre


A Assembleia Legislativa do Estado do Acre (ALEAC) realizou na manhã desta quinta-feira (11) uma Sessão Solene em homenagem aos 120 anos de fundação do Estado Independente do Acre por Luis Gálvez de Arias, e ao relançamento e obliteração do Selo Comemorativo de alusão aos 120 anos de fundação do Estado Independente. A solenidade foi proposta pelo deputado Daniel Zen (PT), através de requerimento aprovado em plenário.

O presidente em exercício do parlamento acreano, deputado Jenilson Leite (PC do B), deu início à sessão destacando a importância da homenagem. “Parabenizo o deputado Daniel Zen pela realização desta solenidade. Uma justa homenagem também a Gálvez porque foi a luta dele que iniciou a nossa história. Temos muito orgulho do nosso estado e sem dúvidas continuaremos lutando por um Acre e um Brasil cada vez mais independente, e que não abre mão tão fácil de suas riquezas”, frisou.

sessao-solene-120-anos-do-acre-110719

O autor do requerimento que viabilizou a sessão solene, deputado Daniel Zen (PT) agradeceu a presença dos convidados e da Mesa Diretora da Aleac, por meio de seu presidente, deputado Nicolau Júnior (PP). Ele também fez um breve relato sobre a história do Acre e o processo da Revolução Acreana, iniciada em julho de 1899 e finalizada em 1903, com a assinatura do Tratado de Petrópolis.

“Inicialmente, quero agradecer ao colega Nicolau Júnior e demais membros da Mesa Diretora da Aleac, por entenderem a importância deste ato, visto que hoje é a última sessão antes do recesso parlamentar de julho, um dia em que votamos todas as matérias pendentes. Nosso Estado tem uma linda história de lutas e conquistas, uma delas foi o reconhecimento do Estado Independente do Acre. Comemoramos os 120 anos de independência, e também fazemos o relançamento e obliteração do selo comemorativo criado por Luis Gálvez”, pontuou.

Para o cineasta acreano Adalberto Queiroz, membro da Confraria da Revolução Acreana, Gálvez de Arias foi um ícone da história brasileira. Ele frisou ainda que Gálvez teve um papel fundamental no que diz respeito a proteção da Amazônia.

sessao-solene-120-anos-do-acre-110719g

“Gálvez teve um papel fundamental que até hoje não foi reconhecido. Ele, embora sendo espanhol, foi convidado para compor o consulado da Bolívia e chegando lá, se deparou com um projeto que abria a prerrogativa para que a Bolívia lançasse na mão da Inglaterra, Estados Unidos e Alemanha, o domínio do território do Acre. Mas ele logo se deu conta de que aquele tratado era na verdade uma grande armadilha e diante da gravidade fez uma denúncia através do jornal do Pará. Isso serviu para alertar o Brasil. Se ele não tivesse agido dessa forma, o Acre seria entregue a esse trio e a nossa Amazônia estaria ameaçada”, enfatizou.

sessao-solene-120-anos-do-acre-110719m

Abraim Farhat (Lhé), falou da importância da criação do Selo Comemorativo em alusão aos 120 anos de fundação do Estado Independente. “Quem não conhece sua história é uma mula sem cabeça, por isso é tão importante fazermos hoje esse resgate. Temos tanta sorte que os correios vão batizar o selo de “Gálvez 120 anos”, isso é maravilhoso. Uma homenagem a esse espanhol “quixote” que foi tão importante para nós acreanos”, salientou.

O deputado Edvaldo Magalhães (PC do B) falou com orgulho de uma das maiores obras já realizadas em marchetaria no Acre, os nove painéis que ornamentam a Assembleia Legislativa. Juntos, eles medem 45×2 metros e contam fases da Revolução Acreana.

O parlamentar disse que o trabalho foi feito pelo artista plástico, Maqueson Pereira da Silva (54), na sua escola-oficina em marchetaria, no município de Cruzeiro do Sul (AC). Maqueson já expôs suas obras inspiradas no cenário amazônico e sacro, em diversos países, e todo ano é convidado a participar de missões oficiais do Itamaraty, representando a cultura brasileira.

sessao-solene-120-anos-do-acre-110719bb

“A ideia de encomendar esses painéis surgiu através de uma conversa minha com o desembargador Arquilau de Castro Melo, foi ele que sugeriu os painéis. Na época, o presidente desta casa era o Petecão e, numa conversa com a mesa diretora, me comprometi em ajudar a conseguir a verba para adquirir as obras, mas com a condição de que contrataríamos o Maqueson para fazer o trabalho. Hoje, temos essa bela obra de arte que conta tão bem a história da Revolução Acreana e que nos enche de orgulho”, disse.

Selo Comemorativo em alusão aos 120 anos do Estado

sessao-solene-120-anos-do-acre-110719o

Eliel da Costa, vice-presidente da Central dos Correios de Rio Branco, falou sobre a importância do relançamento do selo comemorativo em alusão aos 120 anos do Estado Independente do Acre. Disse ainda que com ele a história do Acre será levada para todo o mundo.

“Começo falando a frase que motivou este momento: “Não existe um país sem selo”. Estamos lançando esse selo que 120 anos atrás foi idealizado por Gálvez. Ele tem uma importância histórica muito grande para nós acreanos. A instituição Correios está presente em todos os municípios do país e agora com essa marca, nossa história será levada por todo o mundo. O selo, que foi aprovado pela União Postal Mundial, está disponível na Agência Central dos Correios de Rio Branco para quem tiver interesse”, destacou.

Texto: Mircléia Magalhães e Andressa Oliveira
Revisão: Suzame Freitas
Foto: Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com