Deputado Jenilson Leite pede intervenção do governo em prédios abandonados

Deputado Jenilson Leite pede intervenção do governo em prédios abandonados


O deputado Jenilson Leite (PCdoB) usa seu tempo durante sessão desta terça-feira (18) para lamentar o falecimento do arcebispo Dom Moacyr, e destaca legado que o religioso deixou. O parlamentar também apresentou uma indicação para que o governo realize uma intervenção em prédios públicos que estão abandonados e servem de esconderijo para dependentes químicos.

Jenilson Leite lamentou a morte de Dom Moacyr, ocorrida na tarde de ontem em Porto Velho. O comunista apresentou uma indicação para que o Instituto Dom Moacyr, que oferece cursos técnicos profissionalizantes para alunos da rede estadual e municipal de ensino, permaneça com o nome do arcebispo.

“Dom Moacyr realizou trabalhos de grande importância para todos os acreanos. Ele chegou aqui há muitos anos e sempre foi símbolo de acolhimento aos que mais necessitavam. Um homem além do seu tempo, que em vida fez a diferença por onde passou. Nada mais justo que o Instituto permaneça com seu nome”, disse.

Jenilson também apresentou uma indicação ao governo para que prédios públicos que se encontram abandonados sejam demolidos ou lacrados, para impedir que usuários de drogas utilizem os espaços para alimentarem seus vícios. Disse ainda que os proprietários de prédios particulares que se encontram na mesma situação, devem ser notificados pelo poder público para que tomem providências acerca da situação.

“A questão da segurança tem nos preocupado. Os usuários de drogas se amontoam nesses espaços para se drogarem, muitas vezes causando medo em quem vive nos arredores e contribuindo para o aumento da violência. Estou apresentando essa indicação para que o governo tome providências, inclusive, notificando proprietários de prédios particulares”, justificou.

O deputado finalizou seu discurso solicitando que agentes da Polícia Federal se desloquem até o município de Marechal Thaumaturgo

“Estou apresentando um requerimento para Jordão, pois os vereadores de lá estão pedindo que a PF vá até a cidade fazer o cadastramento das armas das pessoas que vivem na zona rural e as utilizam para sua sobrevivência.

Texto: Andressa Oliveira
Revisão: Suzame Freitas
Foto: João Luiz Simão
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook