Deputado Jenilson Leite quer proibição da comercialização de canudos plásticos no Estado

Deputado Jenilson Leite quer proibição da comercialização de canudos plásticos no Estado


O deputado Jenilson Leite (PCdoB) apresentou durante sessão desta quarta-feira (05) um Projeto de Lei solicitando a proibição da comercialização de canudos plásticos no âmbito do Estado. O parlamentar também fez uma indicação para que seja realizada uma Audiência Pública para discutir o crescimento da cidade de Rio Branco e o potencial hídrico do Rio Acre.

Jenilson Leite disse que com o trabalho de conscientização ambiental que vem sendo amplamente debatido em todo o mundo, se faz necessário que os gestores adotem medidas que protejam o meio ambiente. Ele alega que os canudos de plástico demoram cerca de mil anos na natureza para serem completamente deteriorados e que o utensílio pode facilmente ser substituído por outros de materiais biodegradáveis.

“Em várias cidades não se comercializam mais canudos plásticos. Eles usam vários outros materiais biodegradáveis. Se em casa não utilizamos canudos, porque iremos utilizar em restaurantes? E se de fato queremos utilizá-los, então que não usemos esses que demoram até mil anos para serem completamente destruídos. Esse Projeto de Lei proíbe, no âmbito estadual, a utilização desse material”, justificou.

O parlamentar também apresentou uma indicação solicitando a realização de uma audiência pública para debater o crescimento de Rio Branco e o potencial hídrico do Rio Acre. Ele fez um alerta de que com o aumento da população e a falta de ações que preservem a natureza, o Estado corre o risco de perder o manancial com o passar dos anos.

“Hoje se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente e estou apresentando esse requerimento. Precisamos urgentemente discutir o crescimento da cidade e o potencial hídrico do rio que a abastece. Entendo que a ação do homem causa muitos danos ao meio ambiente. Quando você contamina a água jogando resíduos, posteriormente é você mesmo quem sofrerá as consequências disso. É necessário que tenhamos visão de futuro, ”, alertou.

Jenilson Leite concluiu seu discurso solicitando que seja enviada uma equipe de profissionais para atuar em uma das ambulâncias que foram enviadas pelo governo para Tarauacá. Pediu ainda que seja solucionado o quanto antes o problema do aparelho de eletrocardiograma do município.

“Que a Sesacre contrate uma equipe para a ambulância que foi para Tarauacá. Peço que o governo envie uma equipe e que resolva também o problema do aparelho de eletrocardiograma que está parado naquele município”, finalizou.

Texto – Andressa Oliveira
Foto – Raimundo Afonso
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com