Daniel Zen esclarece que reforma administrativa do Governo não foi aprovada de maneira unânime

Daniel Zen esclarece que reforma administrativa do Governo não foi aprovada de maneira unânime

Daniel Zen esclarece que reforma administrativa do Governo não foi aprovada de maneira unânime

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (22), o deputado Daniel Zen (PT) esclareceu que a Reforma Administrativa do governo do Estado, votada na última terça-feira (21) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), não foi aprovada de maneira unânime em plenário. O parlamentar ressaltou que o artigo 43 do documento, que trata da criação de cargos comissionados, foi votado em destaque e aprovado por 15 votos favoráveis.

“Vi hoje na maioria dos jornais, que a reforma administrativa do Executivo foi aprovada nesta Casa por unanimidade. Ora, se teve votação em destaque, ela não pode ter sido acatada de maneira unânime. Passamos o dia todo discutindo isso, esmiuçando o documento, para depois sair na imprensa que a matéria foi aprovada por unanimidade, é brincadeira. Peço aos amigos da imprensa que tenham mais zelo na hora de escrever os textos”, disse.

O parlamentar falou ainda sobre sua atuação no parlamento acreano. “Também li numa coluna que estou muito calado durante as sessões. Agora eu pergunto: Como isso pode ser verdade se eu sou um dos oradores que mais ocupa esta tribuna? Em todas as sessões utilizo a tribuna e 90% do meu discurso é de críticas ao governo. Gente, tenham mais zelo com o que vocês divulgam, jornalismo é uma coisa, especulação é outra”, enfatizou.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com