Daniel Zen: “A criação de novos cargos contradiz, inclusive, o discurso do próprio governador”

Daniel Zen: “A criação de novos cargos contradiz, inclusive, o discurso do próprio governador”

Daniel Zen: “A criação de novos cargos contradiz, inclusive, o discurso do próprio governador”

Em pronunciamento na sessão desta terça-feira (21) o deputado Daniel Zen (PT) falou sobre o texto da Reforma Administrativa protocolado na semana passada pelo vice-governador Major Rocha (PSDB) e o Chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). Apesar de não concordar com a criação de novos cargos, o parlamentar frisou que a proposta, apesar de algumas falhas, tem seus pontos positivos.

“O reestabelecimento do Instituto Dom Moacyr e do Instituto de Mudanças Climáticas é um exemplo disso. Institutos importantes que haviam sidos extintos e que para a nossa alegria estão de volta, um equívoco grave e que foi resolvido. Agora, essa questão da criação dos novos cargos, eu realmente não consigo entender”, disse.

Ainda segundo o oposicionista, o governador Gladson Cameli (PP) se contradiz ao criar novos cargos. “Ele dizia que o governo anterior tinha cargos demais e que os cargos comissionados eram apenas para acomodar os companheiros. A princípio, o governador disse que administraria o Estado com 900 cargos e agora já se soma 1.961. Eu sou favorável à Reforma, apenas sou contrário à criação de novos cargos porque contradiz, inclusive, o discurso do próprio governador”, enfatizou.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com