Leila Galvão defende liberação de recursos para aposentados e pensionistas do Estado

leila250315Em pronunciamento na tribuna durante a sessão desta quarta-feira, 25, a deputada Leila Galvão (PT) pediu que o Governo do Estado verificasse a possibilidade do pagamento dos recursos dos servidores estaduais recolhidos junto à previdência estadual. A ideia é que o pagamento seja semelhante à medida tomada pelo Ministério da Previdência Social, ou seja, o pagamento do FGTS às pessoas afetadas pela alagação.

“Eu gostaria também de fazer uma reivindicação para que o governo contemple dentro da legalidade os servidores do Estado com a liberação do FGTS que é descontado do servidor público. Gostaria, sim, de levantar essa situação para que seja analisada com muito carinho, se há essa possibilidade jurídica”, completou.

A parlamentar relatou a situação de calamidade pública em que se encontram as cidades de Xapuri, Brasileia e Epitaciolândia. “É uma tristeza. A cidade de Brasileia está com muitas dificuldades, mesmo com todas essas sinalizações do nosso governo”.

Leila Galvão parabenizou o governo do Estado por investir na região do Alto Acre. Ela destacou a renovação contratual entre o Governo Federal e a fábrica de camisinhas de Xapuri, Natex, que vai destinar ao Ministério da Saúde 100 milhões de preservativos.

“Gostaria de realçar e enaltecer a atitude do governo de ter renovado o contrato com a fábrica de camisinhas de Xapuri. Ali é um espaço de emprego e renda para a população de Xapuri”, pontuou.

Falando ainda sobre produção, Leila Galvão pediu a ampliação do silo graneleiro na região do Alto Acre. Ela pontuou que o atual já não comporta a produção. Dados apresentados pela parlamentar apontam que 29 mil toneladas de milho foram armazenados nos silos graneleiros do Estado. A área cultivada de milho é de dois mil hectares.

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com