Deputado Edvaldo Magalhães diz que ação do governo poderia ter evitado confronto entre protestantes e a polícia

Deputado Edvaldo Magalhães diz que ação do governo poderia ter evitado confronto entre protestantes e a polícia

O deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) se posicionou durante sessão desta quarta-feira (24) sobre uma possível ação truculenta da Polícia Militar contra moradores do Polo Benfica, que faziam um protesto na Rodovia Ac-40. O parlamentar também agradeceu aos demais deputados pelo consenso acerca da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Energisa.

Moradores do Polo Benfica realizavam um protesto fechando um trecho da Rodovia Ac-40 reivindicando melhorias no ramal, quando a tropa de choque da Polícia Militar usou bombas de gás, mas com a intenção de dispersar os manifestantes. Magalhães disse que a ação poderia ter sido evitada caso o governo tivesse optado por mandar seus articuladores negociarem com os manifestantes antes de recorrer à polícia.

“A equipe de articulação do governo deveria ter ido antes, conversado com os moradores, acalmado os ânimos e aí se não conseguissem chegar a um consenso poderiam recorrer à polícia. As forças policiais devem ser utilizadas somente em último caso quando se refere a esse tipo de manifestação. Os governos anteriores todos faziam assim e sempre dava certo. Usar da truculência com trabalhadores, pais de família não é aceitável”, disse.

O comunista também elogiou a postura dos demais parlamentares sobre as conversas acerca da CPI da Energisa. Ele destacou que as lideranças partidárias buscaram um entendimento político de que, dentre os outros pedidos de comissões a serem instaladas, a que vai tratar sobre os valores cobrados na tarifa de energia seria a primeira a ser instalada.

“Quero reconhecer a contribuição que todos deram para que chegássemos a um entendimento, incluindo a base do governo. Dentre eles o de que a CPI da Energisa será a primeira a ser escolhida os membros e instalada. Teremos uma comissão com sete membros titulares e outros sete suplentes”, ressaltou.

Magalhães finalizou seu discurso elogiando a postura do deputado Chico Viga (PHS). Ele destacou que o colega parlamentar tem sempre uma postura equilibrada no Poder Legislativo, sendo correto e cumpridor da sua palavra. Acrescentou ainda, que ele vai contribuir muito na CPI da Energisa.

Andressa Oliveira/Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com