Deputado Fagner Calegário disse estranhar outras CPI’s terem sido protocoladas na manhã de hoje na Aleac

Deputado Fagner Calegário disse estranhar outras CPI’s terem sido protocoladas na manhã de hoje na Aleac

Durante sessão realizada nesta quarta-feira (17), o deputado Fagner Calegário (PV) afirmou em seu discurso que trair o povo é ter um peso na consciência. Disse ainda que o surgimento de sete CPI’s no Poder Legislativo é de se causar estranheza, mas que não vai se opor em assiná-las caso as mesmas sejam necessárias. Ele também afirmou ser estranho o fato de gestores da Energisa terem entrado em contado com alguns parlamentares.

“Tudo sobre a CPI da Energisa já foi esclarecido. Mas o protocolo de outras sete CPI’s é de se causar estranheza. Surgiram como um relâmpago. Não me oponho em assiná-las, eu só quero e vou exigir respeito no Parlamento. Não brinquem com minha cara”, disse.

Calegário reiterou que mesmo com o surgimento de outros sete pedidos de CPI, a da Energisa foi protocolada primeiro, portanto, deve ter prioridade sobre as demais.

“A CPI da Energisa foi a primeira a ser protocolada. Está muito claro o que querem fazer. Ontem, gestores da Energisa estavam ligando para deputados. Afinal, qual o interesse deles em fazer isso? Para finalizar, afirmo que essa foi uma clara demonstração de que de fato queriam atrapalhar essa investigação”, garantiu.

Andressa Oliveira

Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com