Bestene destaca entrega de ruas pavimentadas em Plácido de Castro

Bestene destaca entrega de ruas pavimentadas em Plácido de Castro

Na sessão desta quarta-feira (9) o deputado José Bestene (PP) destacou a agenda que o governador Gladson Cameli (PP) cumpriu na última segunda-feira (8) em Plácido de Castro. O parlamentar disse que na ocasião foi entregue a pavimentação de 22 ruas para moradores de cinco bairros do município. A obra beneficiou moradores dos bairros Manchete, Pantanal, São Cristóvão, Serraria e Thaumaturgo.

“Além da pavimentação superior a cinco quilômetros em asfalto e tijolo, as ruas também receberam rede de água, esgotamento sanitário e drenagem. Tenho certeza de que essa é a primeira de muitas obras que o governador irá entregar no interior do Estado. O saneamento básico é muito importante. Água tratada é fundamental para a saúde do cidadão e é nisso que o governador vai começar a investir pesado, no saneamento básico”, enfatizou.

Terceirização
O progressista voltou a defender que setores da saúde pública sejam terceirizados. Ele sugeriu que o repasse de serviços à iniciativa privada comece pelas unidades de saúde do Alto Acre, que engloba as cidades de Xapuri, Assis Brasil, Brasiléia e Epitaciolândia.

Segundo Bestene, o discurso sobre a terceirização foi amplamente criticado pelos parlamentares que se manifestam contra a ideia do governo de Gladson Cameli, mas no entendimento do Executivo, essa é a única saída para valorizar servidores e manter trabalhadores nas unidades de saúde que atualmente não dispõem dos profissionais necessários.

“Quando veio à tona a questão da terceirização, um monte de gente se manifestou contrário. Pois eu volto a dizer que isso tem que acontecer começando pelo Alto Acre. Temos um monstro de um hospital lá, mas aquela população é mal assistida, é por isso que eu defendo a terceirização. E não é passar para qualquer empresa, mas empresas experientes que já fazem isso em outros lugares, que têm capacidade”, justificou o parlamentar.

O deputado que também é presidente da Comissão de Saúde da Aleac, falou sobre a morte dos gêmeos ocorrida na maternidade Bárbara Heliodora no dia 3 de abril. “Eu vou conversar com os gestores da maternidade para saber o que houve. Me relataram que apenas uma criança teria morrido, mas o caso será apurado a fundo”, finalizou.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook