Chico Viga lamenta a morte de Baianinha

Chico Viga lamenta a morte de Baianinha

O deputado Chico Viga (PHS) lamentou a morte da senhora Marlene dos Santos, conhecida popularmente como Baianinha, e falou sobre o trabalho realizado pela mesma em vida, na Praça da Bandeira e no bairro 6 de Agosto. Ele disse que ela, com câncer, sofreu em uma maca de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), quando deveria estar sendo assistida no Hospital do Câncer do Acre (Unacon).

“É com pesar que registro o falecimento da senhora Marlene Santos, uma pessoa humilde, trabalhadora, a famosa Baianinha. Ela era um verdadeiro exemplo a ser seguido, uma pessoa que ajudava a todos. A colocaram em uma sala dentro de uma UPA, onde ela passou suas últimas horas. Infelizmente não foi assistida como deveria pela saúde pública”, lamentou.

O parlamentar também lamentou o que ele intitula como a morte do Sistema Único de Saúde (SUS). Destacou que o Estado herdou uma dívida de R$ 64 milhões e que na Fundação Hospitalar há um déficit de 10 mil cirurgias para serem realizadas.

“Não estou culpando o governo A ou B, mas estamos em uma situação complicada. Vejo que o atual secretário de Saúde, Alysson Bestene, tem feito de tudo para contornar esse problema, mas diante das várias dificuldades herdadas tem sido difícil”, finalizou.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com