Edvaldo Magalhães defende permanência de servidores demitidos da Rádio Difusora

Edvaldo Magalhães defende permanência de servidores demitidos da Rádio Difusora

Na sessão desta quinta-feira (7), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) saiu em defesa dos profissionais da Rádio Difusora que foram demitidos no atual governo. O parlamentar frisou que são funcionários importantes, que há mais de 20 anos vinham prestando serviço para o Estado.

“Se o governo não tem cargos é porque fez a conta errada na hora de mandar a reforma administrativa para esta casa. Mas tudo bem, não vamos botar o dedo na cara de ninguém. Não quero jamais me meter nas coisas do governo, mas estão fazendo uma maldade grande com esses servidores da Rádio Difusora, servidores que há mais de 10, 20, 30 anos, prestaram um serviço extraordinário para o Acre. A Difusora é responsável por levar as informações a todos os cantos do Acre, nos lugares mais longínquos, nos seringais, aos ribeirinhos. Eu sei que o governo nomeia quem ele quiser, a questão não é essa, a questão aqui se trata apenas de uma decisão política”, pontuou.

O oposicionista sugeriu que o governo envie a estrutura da nova Rádio Difusora para a análise dos deputados. Disse ainda que a permanência dos profissionais demitidos se trata de uma decisão política e não apenas de custo.

“Só quero fazer uma sugestão, que ele mande a estrutura da nova Rádio Difusora para esta casa que nós aprovamos, aproveite a minha boa vontade governador, porque eu só quero ajudar. Sabemos que a situação dessas pessoas não se trata de custo e nem de recursos e sim de uma decisão política. Por isso, peço a sensibilidade do governador, vamos manter esses profissionais antigos que tanto fizeram por essa empresa. Não vamos jogar na lata do lixo a história desses trabalhadores”, disse.

Mircléia Magalhães
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com