Roberto Duarte quer saber destinação de recursos arrecadados pelo Detran

Roberto Duarte quer saber destinação de recursos arrecadados pelo Detran

O deputado Roberto Duarte (MDB) entrou com um pedido na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta quinta-feira (7), que será encaminhado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AC), pedindo explicações sobre o emprego dos recursos obtidos com multas no ano de 2018.

Roberto Duarte afirmou que foi criada uma verdadeira fábrica de multas na capital e que o cidadão não sabe ao certo onde e como o montante arrecadado é aplicado. Ele solicita informações dos extratos bancários da autarquia e pede também o detalhamento da aplicação dos recursos.

“Há muitos anos os acreanos têm sido penalizados com os mais diversos tipos de multas e nós não sabemos ao certo como esse dinheiro é aplicado, se ele é revertido em campanhas de conscientização e prevenção de acidentes. Em se tratando de um dinheiro público, é obrigatório que nos repassem essas informações e deem mais clareza quanto às ações tomadas”, disse.

Roberto Duarte também criticou o número de radares espalhados na cidade. De acordo com ele, essa é apenas mais uma forma de aumentar a arrecadação e intitulou as máquinas de indústria de multas.

“O número excessivo de radares é uma verdadeira indústria de multas aqui. Isso é inaceitável! Qual a aplicabilidade desse dinheiro arrecadado? Vamos seguir uma fiscalização enérgica em relação a isso. Solicito à Mesa Diretora que encaminhe ofício ao diretor do Detran para que ele possa informar esta casa; e se houverem irregularidades nós tomaremos providências”, garantiu.

No tempo destinado ao Grande Expediente, Roberto Duarte rebateu o colega de parlamento Edvaldo Magalhães (PCdoB), que criticou o atual governo por este exonerar servidores da Rádio Difusora que já atuavam no setor há 20 anos. O emedebista disse que a Frente Popular do Acre (FPA) destruiu o Estado e quer que em apenas um mês o atual governador conserte os estragos feitos.

“Meu posicionamento nesta casa é independente, mas quero salientar que o colega Edvaldo está muito equivocado em suas afirmações, quem destruiu o Brasil foram os partidos de esquerda, quem destruiu o Acre foi o PT em seus 20 anos de governo. Agora querem responsabilizar e cobrar de um governador que assumiu há pouco mais de um mês. Apontem os erros, mas também indiquem soluções, afinal, foi o partido de vocês que instalou esse caos em nosso Estado”, afiançou.

O parlamentar finalizou seu discurso solicitando explicações acerca do valor cobrado no combustível comercializado em Cruzeiro do Sul. Ele alega que foi procurado por várias pessoas que pedem um esclarecimento sobre os motivos do alto preço. Roberto Duarte afirmou que pessoas de baixa renda não têm mais condições de abastecer seus veículos, uma vez que a taxa cobrada eleva cada dia mais.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com