Jovens Parlamentares concluem mandato em sessão na Aleac

Jovens Parlamentares concluem mandato em sessão na Aleac

Na manhã desta segunda-feira (10) foi realizada a sessão ordinária de encerramento do programa Jovem Parlamentar Acreano (JPA). A iniciativa, que proporcionou a 24 estudantes da rede pública de ensino vivenciarem as atividades realizadas pelos deputados, é fruto da parceria entre Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Secretaria Estadual de Educação (SEE) e Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O projeto que instituiu o JPA é de iniciativa do deputado Daniel Zen (PT) e foi validado pela Mesa Diretora da Aleac, por meio do seu presidente Ney Amorim, que durante todo o tempo de execução do programa ofereceu suporte aos estudantes. Ney Amorim que não pôde participar da solenidade por estar em agenda parlamentar, mas enviou mensagem aos jovens parabenizando-os pelo excelente desempenho que eles tiveram.
Raimundinho da Saúde (PODE), que inicialmente presidiu a sessão, parabenizou os jovens parlamentares e destacou a importância de permitir que os estudantes tivessem vivenciado essa experiência. “É com muita honra que recebemos os alunos, os pais, professores e representantes da Secretaria Estadual de Educação aqui. Parabenizo a todos eles, ao deputado Daniel Zen pela iniciativa e ao presidente Ney Amorim por ter possibilitado o programa. O jovem não é o futuro, é o presente. O que podemos fazer por eles, devemos fazer agora”, disse.

Dando continuidade aos trabalhos legislativos, o deputado Raimundinho da Saúde passou a condução da solenidade à jovem parlamentar Kaline Silva, eleita presidente entre os estudantes do programa. Em pronunciamento, ela destacou a importância da participação da juventude no processo político.
“Ter sido eleita presidente do Poder Legislativo no programa Jovem Parlamentar Acreano foi muito gratificante para mim. É uma função que eu executo com muito amor e dedicação. Esse projeto me trouxe muitas experiências boas. Espero que outros jovens possam ter essa incrível oportunidade”, disse.

O parlamentar Nicolas dos Santos usou a tribuna para agradecer a todos que colaboraram para a execução do programa. Ele disse ainda que a parlamentar Kaline Silva fez história ao ser eleita a primeira presidente mulher do Parlamento acreano.

“Não poderia deixar de agradecer a Escola do Legislativo em nome da querida Rachel Mesquita, e a todos do TRE que nos apoiaram. Aos deputados Daniel Zen e Ney Amorim, presidente desta casa, e aos meus amigos jovens parlamentares que ingressaram junto comigo nessa caminhada, o meu muito obrigado, foi uma experiência incrível. Quero fazer um agradecimento especial à minha colega Kaline Silva, que foi eleita neste projeto a primeira presidente mulher deste poder, ela fez história nesta casa”, disse.

O deputado jovem Elson Manchineri destacou a importância dos jovens na política. “Eu acredito e defendo uma política pública voltada para a juventude e que ofereça respostas às diversas necessidades que os jovens possuem. O programa Jovem Parlamentar Acreano foi criado com o intuito de favorecer ao máximo a participação de nós, jovens, nesse meio. Nós queremos e precisamos fazer parte da luta por uma política mais igualitária e justa. Agradeço também a oportunidade que os deputados Ney Amorim e Daniel Zen nos deram, muito obrigado”, salientou.

O estudante Wesley Rocha, portador de necessidades especiais, agradeceu a oportunidade de participar do programa representando a Escola Estadual Boa União e falou que a iniciativa o fez se sentir especial. “Minha gratidão aos deputados por nos permitiram vivenciar essa experiência. Me sinto orgulhoso por ser o primeiro cadeirante a ocupar uma vaga no Poder Legislativo por meio desse projeto”, disse emocionado.

O deputado Daniel Zen, autor do projeto que instituiu o JPA, finalizou a sessão enaltecendo a atuação dos jovens e destacando o quanto essa experiência vai fazer a diferença no aprendizado deles. Ele também enalteceu a atuação do presidente da Aleac, Ney Amorim, que ofereceu todo o suporte necessário para que o projeto fosse realizado.

“Quando elaboramos esse projeto pensamos em torná-lo uma experiência engrandecedora aos jovens escolhidos. Graças a uma parceria entre Aleac, TRE e SEE nós conseguimos obter sucesso. Faço votos de que a futura mesa diretora dê continuidade a esse programa que é tão enriquecedor para os nossos adolescentes. Deixo meu agradecimento ao nosso presidente, deputado Ney Amorim, que permitiu que esse programa fosse realizado da melhor forma possível”, concluiu.

Antes de assumirem as vagas destinadas ao programa, os estudantes passaram por um processo de votação semelhante ao que ocorre durante o pleito eleitoral. Vinte e quatro escolas públicas foram selecionadas e seus respectivos alunos elegeram seus representantes. Os jovens escolhidos aprenderam sobre o funcionamento das sessões ordinárias e solenes, das comissões, audiências públicas e também sobre a elaboração de proposições e projetos de lei.

Mircléia Magalhães e Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com