Após reunião com servidores da Eletroacre deputados instalam comissão especial que analisará PEC

Após reunião com servidores da Eletroacre deputados instalam comissão especial que analisará PEC

Representantes do Sindicato dos Urbanitários do Acre voltaram a ser recebidos pelos parlamentares na manhã desta terça-feira (4) para discutir a realocação dos servidores após a privatização da Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre). Os trabalhadores também conversaram sobre o andamento da Proposta de Emenda Constitucional nº 01/2018 (PEC), que foi elaborada junto com o deputado Manoel Moraes (PSB). O documento prevê o reaproveitamento de funcionários de empresas que tenham sido vendidas para a iniciativa privada na administração pública estadual.

A problemática gira em torno do leilão que foi realizado em 30 de agosto deste ano, onde a distribuidora de energia Eletroacre foi comprada pela empresa Energisa. Desde então, cerca de 350 servidores da concessionária buscam uma solução junto aos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário para a transposição dos que ainda estão na ativa para órgãos do governo.

O presidente do Sindicato dos Urbanitários e também servidor da Eletrobras Distribuição Acre, Marcelo Jucá, pediu que os parlamentares deem uma resposta quanto à PEC. Ele alega que entre os dias 5 e 7 de dezembro o grupo que adquiriu a empresa passará a administrá-la e que com isso todos os funcionários podem ser demitidos.

“Nós agradecemos por novamente estarmos sendo recebidos e ouvidos pelos deputados, no entanto, ainda não obtivemos nenhuma resposta quanto ao nosso pedido. Ainda não foi colocada em votação a PEC apresentada pelo deputado Manoel Moraes. Nos estados de Rondônia e Amapá ocorreu o mesmo problema e as assembleias conseguiram aprovar PECs semelhantes e manter os servidores na administração pública. Pedimos uma resposta urgente, pois até o presente momento o governo ainda é quem responde por nós”, solicitou.

O deputado Jesus Sérgio (PDT), destacou que deve haver celeridade em relação à instalação de uma comissão especial que vai analisar a PEC que assegura o emprego dos funcionários da Eletrobras Acre. “Precisamos ajustar a comissão para darmos celeridade a esse caso. Votarei de forma favorável aos funcionários, assim como fiz no caso do Pró-Saúde. Precisamos dar uma resposta a essas pessoas o quanto antes”, frisou.

Em pronunciamento, o deputado Manoel Moraes (PSB) lamentou a ausência de alguns parlamentares na sessão, uma vez que é necessária uma determinada quantidade de votos para aprovar a criação de uma comissão especial para tratar do assunto.

“Infelizmente muitos deputados não estão aqui hoje e isso dificulta uma pouco a discussão, pois precisamos argumentar com todos eles a importância de buscarmos uma saída para esses trabalhadores. Eles irão votar a PEC. Faremos de tudo e a comissão será instalada. Peço a todos os parlamentares que nos ajudem, que votem essa PEC. ”

Logo após o encontro, os deputados realizaram uma reunião para instalar a comissão especial. A presidência e a relatoria da mesma ficaram com o deputado Jenilson Leite (PCdoB). Ele garantiu que todos os encaminhamentos serão feitos para dar celeridade ao processo.

“Esta casa tem procurado se debruçar sobre todas as pautas que estão em andamento. Diante disso, acredito que a maioria dos deputados está junto com esses trabalhadores, apoiando essa causa. Após ouvir os funcionários, nós reunimos e conversamos e em votação fui eleito presidente da comissão especial. Amanhã vamos nos reunir novamente para dar continuidade aos trabalhos. Logo a PEC será enviada para devida discussão e votação em plenário”, disse Jenilson Leite.

Mircléia Magalhães e Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com