Deputada Eliane Sinhasique denuncia descaso do governo com Cidade do Povo

Deputada Eliane Sinhasique denuncia descaso do governo com Cidade do Povo

A líder do MDB na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputada Eliane Sinhasique, denunciou o abandono do governo na Cidade do Povo. A parlamentar disse que as ruas do bairro estão todas esburacadas, os esgotos a céu aberto e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) não funciona no horário acordado durante sua inauguração. Eliane Sinhasique também fez um alerta sobre a situação econômica do estado.

“Estamos diante de uma situação muito complicada para as pessoas que vivem na Cidade do Povo, que está totalmente abandonada pelo poder público. O Depasa não limpa os bueiros, os esgotos correm a céu aberto, falta policiamento, falta tudo”, relatou.

Eliane Sinhasique disse ainda que prefeitura e o governo fazem jogo de “empurra-empurra” em relação à responsabilidade de cuidar do bairro e que com isso os mais prejudicados são os moradores do local, que foram morar lá com a promessa de que ali seria um bairro modelo.

A parlamentar também fez um relato sobre os levantamentos que têm sido feitos pela equipe de transição do futuro governo. De acordo com ela, o que os profissionais têm visto é um verdadeiro apocalipse se aproximando, uma vez que as contas do Estado se encontram em total descontrole econômico.

“Conversando com profissionais do Tribunal de Contas do Estado, chegamos à conclusão de que o PT realmente queria perder as eleições, porque eles sabiam a bomba relógio que tinham nas mãos. A quantidade de fornecedores que têm buscado a instituição para denunciar o governo por falta de pagamento é absurda”, relatou.

Eliane garantiu que o déficit na economia do estado é tão grande que a equipe do atual governo sequer consegue pôr no papel o tamanho da dívida acumulada durante anos. Disse ainda que o débito da previdência é uma bola de neve e que mesmo com ações do futuro governador, como a diminuição de cargos comissionados e secretarias, vai ser difícil custear o montante.

“A situação requer muita boa vontade e articulação política para fazer com que o estado tenha arrecadação suficiente. Desejo sorte ao governador Gladson Cameli, pois teremos tempos difíceis, mas que precisam ser enfrentados. Na próxima quinta o Tribunal de Contas vai fazer uma exposição dos reais números do estado, porque muito ainda não veio à tona, mas vai vir”, garantiu.

Andressa Oliveira
Agência Aleac

Sobre agencia agencia

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Facebook